Campo

Foto: Luciano Ribeiro

Teve inicio nesta terça-feira, 5, a 15ª edição da Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins (Agrotins Brasil 2015), no Centro Agrotecnológico de Palmas. Pela manhã, foi aberta a Mostra de Equinos e Muares, no Portal da Agropecuária. Na Feira, que segue até sábado, 9, cavalos e éguas das raças Manga Larga, Paint Horse, Quarto de Milha e Crioulo, além de muares da raça Pega, estarão disponíveis para visitação.

A Secretaria de Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro) vai oferecer, dentro da programação da Agrotins, inúmeras palestras, demonstrações sobre técnicas de adestramento e casqueamento de muares, entre outros.

O produtor Wilson Dias é um dos expositores de cavalos da raça Quarto de Milha. É a primeira vez que participa da Feira. “Há muito tempo desejava participar, mas não sabia como fazer. A Seagro entrou em contato conosco e a participação está acontecendo. Nossa expectativa é vender os animais que trouxemos e também comercializar a venda de sêmen dos animais reprodutores”, esclareceu.

Também está presente pela primeira vez na Agrotins a equipe do Rancho Boa Esperança, de Araguaína. O cuidador dos cavalos Guilherme Parente disse que o pecuarista foi convencido pelos amigos que comentavam sobre as oportunidades oferecidas pela Agrotins, na comercialização dos animais de raça. O expositor trouxe cavalos reprodutores das raças Quarto de Milha e Point.

O objetivo, segundo a gerente de Pecuária da Seagro, Érika Jardim, é melhorar a genética dos animais que já são usados em atividades diárias nas propriedades, além de reforçar as novas ações que vêm sendo realizadas com equinos no Estado, tais como esporte, lazer e ecoterapia. “A ideia é mostrar que o Tocantins já possui animais de qualidade para o trabalho na lida diária, nas propriedades rurais, além de lazer e esporte”, disse.

Competição

Paralelamente à exposição e comercialização dos equinos e muares, nos últimos dias da Feira - sexta-feira, 8, e sábado, 9 - vão acontecer as provas equestres, como prova de laço e corrida de tambor. Os animais mais utilizados nessas provas são o Quarto de Milha e Paint Horse, pela capacidade de grande velocidade de largada.

Na prova de três tambores, podem competir crianças e adultos divididos em oito categorias: mirim, iniciante, teste horse, jovem I, feminino, jovem II, amador e aberta. A competição na prova dos três tambores é definida pelo menor tempo que o atleta e seu animal conseguem fazer num percurso de 90 metros com os obstáculos e sem cometer nenhuma infração.

Agrotins

A Agrotins é considerada a maior feira do setor na Região Norte, sendo a 8ª Feira de Agronegócios do país. Ao todo, a área de exposição de máquinas, vitrines tecnológicas entre outros, é de 790 mil m², e contará com a participação de mais de 500 expositores.

A Agrotins Brasil 2015 é uma realização do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro) e suas vinculadas, Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), Instituto de Desenvolvimento Rural (Ruraltins) e Instituto de Terras do Tocantins (Itertins), e conta com diversos parceiros da iniciativa privada.