Estado

Foto: Divulgação/Sindaf

Desde às 8 horas da manhã desta segunda-feira, 11, os servidores administrativos da Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz) estão com seus serviços paralisados. 

Segundo informou o presidente do Sindicato dos Servidores Administrativos da Fazenda (Sindaf), Estevão Silveira dos Reis, ao Conexão Tocantins, é solicitado ao Governo do Estado que seja revogada a lei 2.890, lei que regulamenta o quadro administrativo da Secretaria, que seja encaminhado um novo enquadramento de servidores a Assembleia Legislativa e ainda que sejam realizadas nomeações de servidores. 

O presidente afirmou que a paralisação terá duração de até 29 dias. "Nós estamos tentando negociar com o Governo há 20 dias e não flui, não prosperou", disse. O presidente ainda informou que três regionais do Estado não estão permitindo que o servidor assine a frequência, o que, segundo ele, não pode acontecer. "Tocantinópolis, Palmas e Paraíso não estão querendo deixar os servidores assinarem. Estão querendo nos intimidar e nós estamos manifestando de forma pacífica", informou. 

Com a paralisação muitos serviços são atingidos, entre eles, os de emissão de notas fiscais e emissão de guias do IPVA.