Polí­tica

Foto: Divulgação

Durante a sessão ordinária na Assembleia Legislativa do Tocantins na manhã desta terça-feira,12, o deputado estadual José Bonifácio (PR), usou a tribuna para criticar a atuação do presidente da Comissão de Finanças, deputado Amélio Cayres (SD) diante do projeto de lei para aumento dos salários do governador, vice e secretários do Estado.

Bonifácio acusou Cayres de tentar segurar o Projeto de Lei e  falou em hipocrisia. "A coisa pior que existe no mundo é a hipocrisia. A atividade parlamentar tem se pautado muito pelo uso indiscriminado da hipocrisia. Fiz um projeto de lei de aumento dos salários dos senhor governador, dos secretários e vi hipocrisia nesse parlamento na verberação de alguns deputados, principalmente do deputado Amélio Cayres que até ameaça segurar na Comissão de Orçamento e Finanças o projeto para não lhe dar andamento. Que hipocrisia!”, afirmou. 

O deputado disse ainda que  a verdadeira intenção de Cayres é tentar conseguir indicar cargos na região do Bico. "Enquanto ele e o seu partido acenam, jogam flores no governo tentando se aproximar para mediar os empregos que o deputado Rocha Miranda conseguiu colocar lá em Augustinópolis e no Bico, vem hipocritamente dizer que é isso, é aquilo, é inoportuno e tal", frisou. 

O parlamentar ainda falou do aumento das funções gratificadas na Assembleia Legislativa que variam de 4 mil a 16 mil reais. "O nosso secretário geral ou diretor geral já está ganhando 16 mil reais numa emenda hipócrita da Assembleia. Quem não pode ganhar mais ou menos é o governador e seus secretários", afirmou.

Aumento dos salários 

Bonifácio propõe salário de R$ 29 mil para governador e R$ 22 mil para vice. Num segundo projeto ele propõe salário de R$ 19 mil para os cargos de secretários de Estado.