Polí­tica

Foto: Divulgação

O presidente da Assembleia Legislativa do Tocantins, deputado Osires Damaso (DEM), apresentou na última quarta-feira, dia 13, um requerimento de sua autoria que solicita ao Governo do Estado um estudo para reduzir o número de acidentes que tem ocorrido na “curva da morte”. Localizada no km 50 da rodovia TO-050 entre Paraíso e Monte Santo, a curva é a mesma onde o vereador de Monte Santo, Ramos Guida, perdeu a vida em janeiro deste ano.

Na mesma tarde, Damaso reuniu-se com vereadores no gabinete da presidência. No encontro, os representantes expressaram sua aflição com a possibilidade de novos acidentes, em especial pela temporada de cavalgadas e de praias que se aproxima. Para o vereador de Monte Santo, Joselito de Azevedo, “o perigo da curva é maior para quem não a conhece”, como é o caso dos turistas.

“A população requer estudos no sentido de retirar a curva. Não sendo possível, que sejam instalados redutores de velocidade e que seja observada, com rigor, a sinalização vertical e horizontal”, explica Damaso em seu requerimento. Para o presidente da Câmara Municipal de Monte Santo, vereador Celso Silvério, o trecho é um problema de todo o vale do Araguaia que utiliza a estrada.