Polí­tica

Foto: Divulgação

A Assembleia Legislativa do Tocantins realizou na manhã desta quinta-feira, 14, uma sessão solene em homenagem à capital Palmas que contou com a presença do prefeito Carlos Amastha (PP), secretários e ex-gestores.

O governador Marcelo Miranda (PMDB) foi representado na solenidade pelo secretário de Articulação Política, Paulo Sidnei. Os ex-prefeitos Fenelom Barbosa Sales, deputado estadual Eduardo Siqueira Campos e Odir Rocha também marcaram presença. Já Nilmar Ruiz e Raul Filho enviaram seus representantes. Palmério Guedes, o primeiro palmense registrado em Palmas e ainda o arquiteto Walfredo Antunes também foram homenageados. O primeiro a receber a homenagem foi Fenelon Barbosa, pai do deputado Wanderlei Barbosa (SD).

O ex-prefeito Odir Rocha falou em nome dos homenageados na tribuna e disse que todos os ex-gestores deixaram sua marca.  “Todos nós fomos bons prefeitos de Palmas, claro cada um na sua característica”, disse ao afirmar que a cidade foi muito bem planejada. Segundo Odir, Palmas é a cara do início do Brasil em razão de acolher pessoas de vários lugares. Em sua fala, Walfredo Antunes lembrou do ex-governador Siqueira Campos. “Sem cujas iniciativas talvez não estaríamos ali”, disse. “os traços do projeto, a marca do eventual talento do arquiteto não são o que há de mais importante na cidade, o que é mais importante são os cidadãos”, disse.

O deputado estadual Wanderlei Barbosa relatou a história da capital e os primeiros desafios. Ele alfinetou ainda o prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PP). “Espero que o gestor compreenda as posições divergentes”, alfinetou. 

Carlos Amastha

Durante sua fala o atual prefeito Carlos Amastha elogiou a proposição da sessão de homenagem à capital feita pela deputada estadual Valderez Castelo Branco (PP). Ele ainda reconheceu contribuição de todos que ajudaram na criação e desenvolvimento capital e contou que tomou café com o ex-governador Siqueira Campos (PSDB), idealizador da capital. “Um brasileiro que não consiga reconhecer a grandiosidade desse homem não tem grandeza nenhuma, nem direito de participar desse momento”, disse, ao frisar que as nuances políticas devem ser deixadas de lado quando se trata de homenagem.

O prefeito citou pontos marcantes de cada gestão de Palmas e criticou o ex-prefeito Raul Filho. “Ele não gosta de homenagens, gosta mesmo é de política, ele aparece daqui há poucos meses apenas na disputa”, disse. Falando sobre algumas críticas de que estaria apenas terminando obras de outras gestões ele disparou: “tenho orgulho de estar terminando o que os outros fizeram isso significa respeito à cidade e ao dinheiro público”, disse ao afirmar ainda que Palmas tem a melhor equipe de gestão da "história da humanidade". 

Amastha chegou a dizer que pão e circo é fundamental para trazer a felicidade ao cidadão e deixou o recado aos deputados: “Discursos vazios, críticas sem fundamentos não cabem no ano de 2015 nem nessa cidade. (...) Me tragam emendas, colaborem com a cidade que o prefeito vai saber agradecer”, disse.