Estado

Foto: Divulgação

Os moradores de Itacajá vão bloquear a rodovia BR-153, na terça-feira, 19, em protesto pela pavimentação asfáltica da TO-239, que liga o município à BR. A decisão foi tomada em reunião realizada com os líderes do movimento “Pró-Estrada”.

De acordo com o servidor público de Itacajá, Jailson Miranda, integrante do movimento, o protesto deverá reunir 200 indígenas da etnia Krahô, dezenas de moradores da cidade e da zona rural de Itacajá, entre servidores públicos e empresários locais. “Será um grande movimento, com muita gente, todos cansados de esperar por essa rodovia”, disse Miranda, acrescentando que os itacajaenses já não aguentam mais esperar pelo asfalto dos cerca de 30 da rodovia, entre Itacajá e Itapiratins.

Durante manifestação realizada na cidade no dia 25 do mês passado, os moradores da cidade deram até o dia 2 deste mês para a pavimentação no trecho e uma  empresa já iniciou alguns reparos na estrada. “Tudo indica que haverá bloqueio da BR”, confirmou o líder. O grupo alega que os moradores da região aguardam esse asfalto há mais de 50 anos.

Já o presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Itacajá, Amilton Rodrigues da Silva, disse que tem informações segundo as quais o problema da TO-239 será solucionado ainda este ano. “Fomos informado de que o governo garantiu a pavimentação da rodovia até final deste ano”, explicou, diante disso, a tendência é aguardar um pouco mais antes do fechamento da BR-153.

Os líderes do movimento afirmaram que não aceitarão uma simples conservação, pois para eles, esse tipo de serviço é frágil e logo a estrada volta a ficar precária. “Só aceitaremos o asfalto, o tapa buraco não resolve, isso é só o jeitinho para não asfaltar a estrada, isso já aconteceu em outros mementos”, disse um dos líderes.

TAC

Durante o protesto, em abril, foram distribuídas cópias de um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) firmado em 2010, entre o Ministério Público do Tocantins e o Dertins, com o objetivo de garantir a conservação da rodovia e, de acordo com os itacajaenses, não foi cumprido.

BR-010

Em relação à pavimentação da BR-010 – que também é reivindicada pelo movimento –, Jailson se disse mais confiante, já que a rodovia está no orçamento da União deste ano. “Resolvendo o problema da TO-239, já ajuda bastante, mas vamos continuar lutando pela BR-010, a qual estamos mais confiantes em relação à sua conclusão”.

No final de abril, membros do movimento que luta pelo retorno das obras da BR-010 disseram que ficaram animados com a possibilidade de ver a estrada construída em breve. Em reunião o superintendente do Dnit no Tocantins, Eduardo Suassuna, informou que os projetos para o reinício da obra estão encaminhados, e para sua efetivação só depende da manutenção do recurso orçamentário, já aprovado e sancionado pela presidente Dilma.

“Podemos dizer que estamos mais otimistas que pessimistas em relação às obras da BR-010”, disse o integrante do movimento, Elpídio Ferreira Lopes, acrescentando que os integrantes do Pró-010 são solidários com os itacajaenses que lutam pela TO-239.

Serviços emergenciais

O Departamento de Estradas e Rodagem (Dertins) informou que uma equipe de trabalho já se encontrava no trecho da TO-239, realizando os serviços emergenciais nos pontos considerados críticos. “Informamos também que o Governo vem trabalhando para assegurar as boas condições e garantir a trafegabilidade de nossas rodovias”, diz a nota.