Polí­tica

Foto: Divulgação

O vereador Milton Neris (PR), da base aliada do prefeito Carlos Amastha (PSB) criticou nesta sexta-feira, 22, o ex-deputado estadual Marcelo Lelis (PV) por, segundo ele, usar a polêmica da placa do Parque Cesamar para se manter em evidência no noticiário político. "É fácil entender toda essa polêmica da placa do Cesamar. O moço da caneta agora se escora numa placa para se manter na mídia. Ele está inelegível e precisa de algo para se manter em destaque", afirmou.

Neris disse que a "tal polêmica da placa envolve apenas uma meia dúzia" e que o relevante é como ficou o Parque Cesamar. "Isso aí interessa uma meia dúzia para aparecer. Tem o moço da placa, o deputado que está perdido na Assembleia e não se achou ainda. Todos querem desviar o foco para a placa", disse, alfinetando outros adversários da gestão municipal. Segundo o vereador "o que importa mesmo é que o Cesamar está lindo. Reformado, bonito, com mais academias ao ar livre. Está sempre lotado, bonito de se ver." 

Além de Lelis o deputado estadual Eduardo Siqueira Campos (PTB) também questionou a retirada da placa.

Segundo o vereador, a colocação da placa na Casa Sussuapara foi uma forma encontrada pela administração de manter na história os personagens responsáveis pela inauguração do parque. "A casa Sussuapara é um museu do parque e a placa lá está preservada e à disposição de todos que queiram vê-la. Agora, seria um erro se a placa tivesse sido jogada fora ou destruída na reforma. Pelo contrário, foi preservada e ganhou lugar de destaque na história da cidade”, disse.

Por: Redação

Tags: Carlos Amastha, Marcelo Lelis, Milton Neris