Saúde

Foto: Divulgação Oficina capacitou 25 profissionais municipais de Gurupi Oficina capacitou 25 profissionais municipais de Gurupi

Para qualificar o diagnóstico e o acompanhamento do tratamento de pacientes com hanseníase, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) realizou a Oficina de Formação de Grupos de Autocuidado em Hanseníase na cidade de Gurupi, Sul do Estado. A oficina aconteceu nesta semana e capacitou 25 profissionais municipais.

A proposta é incentivar a formação do grupo de autocuidado e apoiar a reinserção dos indivíduos participantes no mercado de trabalho. Na ocasião foram dadas orientações para conhecimento das habilidades e capacidade laboral individual, necessidades do mercado local e potencial do sucesso dos empreendimentos, conforme explicou a técnica do Núcleo de Hanseníase da Sesau, Hájussa Fernandes Garcia.

Hanseníase

A hanseníase é uma doença infecciosa, que caso não seja tratada, pode provocar deformidades físicas permanentes. Os principais sintomas são manchas brancas ou avermelhadas, dormência ou formigamento na pele, perda de sensibilidade ou diminuição da força muscular. Ao aparecimento destes sintomas a orientação é buscar imediatamente a Unidade de Saúde de referência para uma avaliação.

Em relação ao diagnóstico da doença no Estado, em 2014, um total de 1.020 novos casos foram diagnosticados. Em 2013, o número de notificações foi de 883 casos em todo o Tocantins. (Ascom/Sesau)