Educação

Foto: Divulgação O programa, realizado por Consed, MEC e Undime, foi lançado na manhã dessa sexta-feira em Brasília O programa, realizado por Consed, MEC e Undime, foi lançado na manhã dessa sexta-feira em Brasília

Responsável por reconhecer e premiar boas práticas realizadas por escolas e professores da educação pública, o Programa Educadores do Brasil foi lançado oficialmente em cerimônia realizada na manhã desta sexta-feira, 29, em Brasília. Representado pelo secretário da Educação, Adão Francisco de Oliveira, o Estado do Tocantins participou da solenidade presidida pelo ministro da Educação Renato Janine Ribeiro. 

O programa é uma iniciativa do Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Educação (Consed), do Ministério da Educação (MEC) e da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e abrange os Prêmios Gestão Escolar (PGE) e Professores do Brasil, que irão selecionar ações de sucesso na gestão de escolas e atividades inovadoras com os alunos. “Esta iniciativa de premiar gestores e educadores, é maravilhosa. Desta forma, valorizamos o que de melhor acontece na educação brasileira”, disse o secretário Adão Francisco. 

Podem participar do Prêmio Gestão Escolar as escolas da educação básica, das redes públicas estaduais e municipais, representados pelo diretor da unidade. Já o Prêmio Professores do Brasil tem seis categorias de premiação: creche e pré-escola; no Ciclo de Alfabetização serão analisados professores do 1º, 2º e 3º anos do ensino fundamental; as demais categorias são referentes ao 4º e 5º ano, 6º ao 9º anos do ensino fundamental, e os professores do ensino médio. 

Prêmio Gestão Escolar

O Gestão Escolar vai premiar as escolas “Destaque Local” e “Destaque Estadual”, sendo que as cinco finalistas e a vencedora recebem o diploma de “Destaque Regional” e “Referência Brasil”, respectivamente. Também será concedida premiação em dinheiro, de forma não cumulativa sendo: R$ 6 mil, para a escola Destaque Estadual/Distrital; R$ 10 mil, para a escola Destaque Regionais; e R$ 30 mil, para a classificada como Referência Brasil. O diretor da escola Referência Brasil receberá o prêmio de R$ 6 mil. 

O Prêmio Professores do Brasil cada vencedor de categoria irá receber R$ 7 mil, sendo que que será premiado um professor por categoria em cada região do país. Dentre os cinco professores premiados, um receberá premiação extra de R$ 5 mil. Já as escolas nas quais foram desenvolvidas as experiências exitosas serão premiadas com placa comemorativa. 

Os dois prêmios serão lançados ainda este mês no Tocantins, em evento a ser organizado pela Secretaria da Educação. De acordo com a coordenadora dos prêmios no Estado, Luciene Alves Pereira, a meta é elevar em 30% as inscrições de escolas da rede estadual e conveniadas, e em 10%, as inscrições das escolas da rede municipal de ensino. “A partir de agora vamos dar continuidade ao processo de mobilização de nossas escolas, para que possamos divulgar as experiências exitosas dos diretores e professores do Estado do Tocantins”, disse Luciene Alves.