Estado

O processo de elaboração do Planejamento Estratégico Institucional (PEI) de 11 secretarias, coordenado pela Secretaria do Planejamento e Orçamento (Seplan), entra na fase de definição de indicadores, metas e plano de ação de cada órgão. Para isso, a Seplan realiza nesta segunda, 8, e terça-feira, 9,  uma oficina geral com técnicos de planejamento das secretarias atendidas para discutir a construção dos indicadores sociais e econômicos, ambientais e traçar as estratégias para alcançá-los. A oficina será realizada no auditório da Fundação Universidade do Tocantins (Unitins), em Palmas, das 9h às 18h.

O diretor de Planejamento da Seplan, Raul Rodrigues de Freitas Júnior, destaca a importância da participação dos técnicos. “A fase de definição de indicadores, metas e do plano de ação que iniciaremos nesta segunda-feira, é uma das etapas mais importantes para finalizar o PEI, então pedimos que as equipes das assessorias técnicas participem já que serão as responsáveis pela discussão e a validação deles dentro dos órgãos”, explica.

Durante os dois dias, a oficina geral será orientada pelos consultores do Instituto Publix, Caio Marini e Carolina Siqueira.

O Planejamento Estratégico Institucional deverá ser concluindo em agosto e faz parte do Projeto de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (PDRIS) que tem como objetivo a melhoraria da gestão de Governo.

A Seplan está coordenando a construção do Planejamento Estratégico Institucional dos seguintes órgãos: Secretaria do Planejamento e Orçamento (Seplan); Secretaria da Administração (Secad); Secretaria do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro); Secretaria da Educação (Seduc); Secretaria de Desenvolvimento Regional, Urbano e Habitação (Sedruh); Secretaria da Saúde (Sesau); Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) Secretaria de Segurança Pública (SSP); Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turístico (Sedetur); Secretaria de Trabalho e Ação Social (Setas); Secretaria de Infraestrutura (Seinf).