Saúde

Foto: Divulgação

No mês passado o Tocantins registrou três mortes suspeitos de dengue grave nos municípios de Dianópolis, Guaraí e Palmas.  O Ministério da Saúde não está utilizando o termo "Dengue Hemorrágica" e sim "Dengue Grave".

Dados levantados pelo Conexão Tocantins junto à Secretaria Estadual da Saúde (Sesau) mostram que já foram notificados este ano , segundo início de sintomas: 10.129 casos suspeitos de dengue, contra 6.889 em 2014, um incremento de 47%. Os 10 municípios prioritários no controle da dengue detêm 78% dos casos notificados em todo o Estado.

Os dados mostram ainda que há sete casos de dengue com Sinais de Alarme e outros dois confirmados de dengue grave. Na última semana foram 21 internações hospitalares por dengue. Dos 139 municípios do Estado, 124 municípios notificaram casos de dengue.

A capital Palmas registrou 5.245 que representa 51,78% dos casos notificados em todo o Estado. Araguaína vem em segundo lugar com 1.016, que representa 10% do total. Em terceiro Lugar vem Porto Nacional com 439 casos seguido por Dianópolis com 326 casos, Colinas do Tocantins com 282, Miracema com 266, Paraíso do Tocantins com 233, Tocantinópolis com 139 casos registrados, Gurupi com 126, Palmeirópolis 113 notificações e Formoso do Araguaia com 106 notificações.

Seguindo na ordem pelo número de casos vem Paranã com 96 casos, Araguatins com 86, Guaraí com 84, Lagoa da Confusão com 77 casos, Araguaçu 76 e os demais municípios contabilizam juntos 1.495 casos.