Geral

O jovem Alisson Aires de Aguiar, de 18 anos, aluno do Senai Tocantins em Palmas e medalhista na ocupação Pintura Decorativa da Olimpíada do Conhecimento 2014, representará o Brasil na 43ª edição da WorldSkills Competition, que será realizada em São Paulo de 11 a 16 de agosto. Ele disputará com competidores de 19 países, por isso desde janeiro deste ano treina em Brasília e, no mês passado, esteve uma semana na Finlândia em busca de aperfeiçoamento.

Perguntado sobre sua expectativa, Alisson Aguiar foi taxativo ao afirmar que o seu objetivo é faturar o primeiro lugar. “É a primeira vez que o Brasil participa da modalidade Pintura Decorativa, e eu o primeiro tocantinense a participar, em nível mundial, da competição, por isso estou confiante e quero trazer a medalha de ouro para o Tocantins”, diz o jovem, que se encontra em Brasília em treinamento intensivo. Para ele, a experiência que está vivendo representa superação e conquista. “Agradeço muito ao Senai por ter aberto as portas para mim, por ter me dado essa oportunidade”, ressalta.

O Brasil será representado por 56 jovens profissionais técnicos, a maior delegação já reunida pelo país para a competição. Na WorldSkills, os mais de 1,2 mil competidores, todos com menos de 22 anos de idade, disputam medalhas em 50 profissões da indústria e do setor de serviços. Ao longo de quatro dias de provas, eles precisam alcançar índices de excelência ao executar tarefas semelhantes às que realizariam em situações reais do dia a dia das indústrias ou no setor de serviços. Todos são avaliados pelas habilidades técnicas e pessoais.

Os competidores do Brasil saíram de cursos de formação profissional do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). Com bom desempenho nas aulas, eles foram escolhidos para participar da Olimpíada do Conhecimento. Os mais bem avaliados nessa competição continuaram o treinamento e disputaram entre si a vaga para o mundial, alcançando os índices técnicos da competição internacional.

Desde 1983, o Senai representa o Brasil no evento, acumulando 68 medalhas e 111 certificados de excelência, com significativa melhoria nos últimos anos. Saiu de cinco medalhas em 2005 para 12 em 2013. Ao longo desses anos, o número de competidores brasileiros também cresceu. Eram 28 competidores em 2011 e, neste ano, serão 56. 

A delegação que representará o Brasil na WorldSkills São Paulo 2015 será a primeira a contar de perto com a torcida brasileira. É a primeira vez que o mundial de profissões técnicas ocorre em um país da América Latina. A escolha da sede – feita a partir da candidatura dos países associados à WorldSkills International – avaliou aspectos como capacidade e infraestrutura. O interesse do Brasil em receber a competição se deu, principalmente, pela capacidade de o evento aumentar o interesse dos jovens brasileiros pela educação profissional.

Com informações da Agência CNI de Notícias.

Por: Redação

Tags: Alisson Aires de Aguiar, Fieto, Senai