Polí­cia

Foto: Divulgação Alan Kardec de Oliveira foi assassinado em janeiro Alan Kardec de Oliveira foi assassinado em janeiro

A audiência de instrução e julgamento da ação penal pelo assassinato do taxista Alan Kardec de Oliveira estava prevista para acontecer nesta segunda-feira, 15 de junho, no entanto, segundo informações da 1ª Vara Criminal de Palmas, foi necessário o adiamento pois a Polícia Científica realizou reconstituição do crime e o material ainda não foi anexado no processo. Hoje seriam ouvidas testemunhas. O juiz Gil Correia decidiu adiar para o dia 15 de julho. 

O Ministério Público Estadual através do promotor Lucídio Bandeira Dourado ofereceu denúncia contra o pintor Cleber Venâncio e pediu a prisão preventiva dele pela morte do taxista em janeiro deste ano em Palmas/TO. 

Segundo a denúncia do MPE “no dia 10 de janeiro de 2015, por volta das 9h45min, o denunciado, auxiliado por outra pessoa ainda não identificada, mataram a vítima, Alan Kardec de Oliveira, com cinco tiros, quando este se encontrava trocando o pneu de seu carro em frente sua residência situada na Quadra 106 Norte, Alameda 12, lote 20, na Capital, conforme descreve o laudo necroscópico e pericial juntado nos autos do Inquérito Policial.