Estado

Foto: Divulgação

A maioria dos estados no Brasil atinge o limite de alerta por gastos com servidores. O Tocantins é um dos citados por ultrapassar o limite máximo de gastos com funcionalismo estabelecido pela lei (49% da receita corrente líquida).

Um dos motivos para o alerta de limite de gastos é a perda de arrecadação com pressões salariais. Outros nomes apontados por ultrapassarem o limite de gastos com funcionalismo são Mato Grosso, Rio Grande do Norte e Alagoas.

Outras 18 unidades da Federação estão próximas do teto, nos chamados limites prudencial e de alerta fixados pela lei. 22 dos 27 estados estão sob ameaça de enquadramento nas regras da lei para quem gasta demais com a folha de pagamento. Caso não sejam tomadas decisões para reequilibrar as contas, serão sujeitas penalidades. (Com informações Estadão)

Por: Redação

Tags: Limite de Gastos