Polí­tica

Foto: Divulgação

Para comemorar os 100 anos de criação e instalação da Diocese de Porto Nacional, a Assembleia Legislativa do Estado do Tocantins realiza sessão solene na próxima sexta-feira, dia 26 de junho, às 19 horas, em frente à Catedral Nossa Senhora das Mercês, em Porto Nacional. O pedido foi feito pelo deputado Paulo Mourão (PT), ex-prefeito do município, sendo aprovado em plenário.

Segundo o deputado, a Diocese tem um papel importante na formação religiosa, social e educacional do município. “A Diocese de Porto Nacional completa 100 anos de existência e serviço religioso e educador ao povo tocantinense, destaca-se como sendo uma das ações mais fortes, no processo da qualificação e educação do antigo norte de Goiás e da Amazônia Legal, a estrutura social e educadora da região nasceu com a criação dessa Diocese”, destacou o parlamentar. A sessão solene contará com a presença do governador Marcelo Miranda.

Programação

Para comemorar o Centenário, a Diocese de Porto Nacional realiza uma vasta programação no mês de julho que começa dia 6 com a Semana Missionária, tríduo preparatório com missas diariamente na Catedral, segue com a Romaria da Juventude encerrando dia 13, com Missa em Ação de graças pelo aniversário de Porto Nacional.

História da Diocese

Em 20 de dezembro de 1915, Bento XV, erigiu uma nova Diocese em terras brasileiras, desmembrada da Diocese de Goiás que recebeu o título-sede de Porto Nacional, localizada no interior da província de Goiás. Cinco anos depois, foi nomeado seu primeiro Bispo Diocesano, o Dominicano Dom Frei Domingos Carrerot que governou até 1923. Nestes 100 anos de existência, a Diocese se estruturou criando 40 Paróquias nos seus 45 Municípios, onde trabalham 52 Padres. A Diocese portuense foi desmembrada em três novas dioceses: Tocantinópolis, Miracema e Palmas, além de uma Prelazia em Cristalândia, permanecendo como Diocese-mãe das demais do Estado do Tocantins.