Geral

Foto: Divulgação

Inspetores da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) apreenderam na última terça-feira, 7, cerca de 150 quilos de massa de mussarela, 50 quilos de mussarela e 90 litros de leite inadequados para o consumo, em uma propriedade localizada no município de Colméia, região noroeste do Estado. O responsável pela produção ilegal foi notificado, o leite foi descartado e o queijo encaminhado ao aterro sanitário do município.

A ação partiu de uma denúncia anônima, onde alegava que o responsável pelo local da produção recebia mil litros de leite por dia e fabricava produtos para comercialização de maneira clandestina. “Detectamos que não havia nenhuma condição higiênico-sanitária para a fabricação dos produtos, além disso, o proprietário não tinha nenhuma documentação que permitisse a produção”, disse o inspetor agropecuário da Adapec, Jean Paula Galletti.

De acordo com o presidente da Adapec, Humberto Camelo, o combate ao comércio clandestino de produtos cárneos e lácteos foi intensificado, mas a população deve ficar atenta e somente consumidor produtos certificados. “O nosso objetivo é resguardar a saúde pública e evitar que alimentos clandestinos cheguem à mesa do consumidor”, destacou.

A Adapec dispõe do Disque Defesa pelo 0800 63 11 22, para que a população possa fazer denúncias, críticas ou buscar informações.