Meio Ambiente

Foto: Divulgação

Nessa terça-feira, 14 de julho, o Parque Estadual do Cantão (PEC) – unidade de conservação administrada pelo Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) - comemora aniversário de 17 anos. A programação realizada no final de semana contou com esportistas, ambientalistas, entrega de equipamentos e assinatura de convênio. O PEC fica localizado entre nos municípios de Caseara e Pium, a 245 km de Palmas.

Os equipamentos doados pelo Projeto Pró-Cantão (três barcos, três motores elétricos, baterias, binóculos, guarda-sóis e coletes salva-vidas) foram entregues ao parque, e serão  usados nas atividades turísticas do PEC. A entrega também marcou a formação de 17 condutores  de visitantes que foram capacitados para atuarem exclusivamente dentro da unidade de conservação.

O gerente de Suporte ao Desenvolvimento Socioeconômico do Naturatins, Marcelo Henrique Costa Rodrigues, informou que os condutores foram capacitados com o objetivo de receber melhor o turista que procura o Cantão. “Vimos essa necessidade  de capacitar as pessoas que já atuam diretamente ou indiretamente dentro da unidade. Agora, após a realização do Curso de Condutores de Visitantes, eles estão aptos para exercer a atividade dentro do PEC”, explicou. Marcelo reforçou ainda que a partir de agora estes equipamentos estarão disponíveis para os condutores credenciados poderem atender melhor os turistas.

A condutora ambiental Telma Maria contou que trabalha há um mês no PEC como brigadista. “Agora, nas horas marcadas, poderei conduzir os visitantes”, contou. O Cantão, segundo Telma, é um local que só trouxe coisas boas. “Além de ser uma unidade de preservação que protege os recursos naturais é daqui que tiro o meu sustento aliado a uma atividade de conservação ambiental”, afirmou.

Convênio

Com o objetivo de fortalecer as atividades de pesquisas realizadas dentro do Parque Estadual, o Naturatins assinou um Termo de Convênio com o Instituto Araguaia. O termo prevê desenvolvimento e execução de projetos relativos à preservação e conservação dos processos ecológicos do Parque e seu entorno.

Para a bióloga e presidente do instituto, Silvana Campello, a assinatura do termo reforça a parceria já existente. “É um ganho para as duas partes, que poderão celebrar convênios, acordos, pesquisas com órgãos e entidades brasileiras. Queremos que os projetos sejam abertos para que gerem novas pesquisas, novas descobertas e com o auxílio do nosso trabalho”.

Entre as pesquisas realizadas, o destaque está no Projeto Ariranhas no Cantão, que trabalha diretamente com a comunidade no entorno para garantir a preservação da ariranha e, recentemente, o início do censo do boto do Araguaia, a mais nova espécie descoberta no ecossistema.

Comemoração

Outra ação que teve o objetivo de integrar esportistas e comunidade do entorno com o Cantão, foi o 1º Trail Run do Cantão, realizado na trilha do Ferrugem, que corta o PEC. Cerca de 150 competidores participaram, entre adultos e crianças.

Mais do que competir, a corrida foi um meio para que os esportistas conhecessem a biodiversidade do Tocantins. A professora Marília Correa Veloso, que mora há 21 anos em Palmas, disse que só havia escutado sobre o Cantão, mas não tinha visitado. “Uni o que mais gosto de fazer, que é correr, e conheci o parque. Estou surpresa com a riqueza da fauna e flora e vou levar essa experiência comigo e ajudar, com certeza, na divulgação do parque”, falou.

"Impressionada". foi assim que a goiana Mercia Cavalcante Frausino, que esteve no PEC, registrou sua reação sobre o Cantão. “Vim de Goiânia para participar das atividades e confesso que fiquei emocionada com a natureza do Tocantins. É um pedaço intacto pela ação do homem e é um dever de todos nós preservar esse santuário ecológico”, disse.

PEC

 O Parque Estadual do Cantão foi a primeira unidade de conservação de proteção integral criada no Tocantins, no dia 14 de julho de 1998, por meio da Lei Estadual 996. É uma das áreas protegidas mais importantes da Amazônia brasileira, devido à sua grande riqueza biológica.

Aberto oficialmente ao uso público em 2008, o Cantão tem grande potencial turístico, com destaque para as praias dos rios Araguaia e Coco e trilhas ecológicas.

O parque protege 325 espécies de aves, 299 espécies de peixes, a maior população do recém-descoberto boto no Araguaia, o Inia Araguaiensis, maior população de ariranhas, onças-pintadas, jacaré-açu, harpias, entre outros animais.

Por: Redação

Tags: Naturatins, Parque Estadual do Cantão