Campo

Foto: Ohanna Patiele

Recursos no valor de R$ 1,2 milhão devem ser liberados até o final do mês de agosto deste ano para ampliar os serviços de extensão rural voltados para os produtores da agricultura familiar do Tocantins. O dinheiro será investido na aquisição de 39 veículos e capacitação de 200 técnicos.

O projeto já havia sido apresentado formalmente pelo Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins) ao Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA).Durante reunião realizada nesta quarta-feira, 15, em Brasília, uma equipe do Governo do Estado negociou e acordou prazos para a liberação do recurso.

Atualmente, o Ruraltins conta com 92 escritórios em todas as regiões do Tocantins, onde atuam 385 extensionistas. Os estabelecimentos estão carentes de estrutura adequada para ampliar o atendimento ao produtor rural e o Governo do Estado está buscando as alternativas para sanar o problema.

Os técnicos oferecem assistência e orientação quanto ao plantio e condução de lavouras para produção de grãos, cereais, frutas e hortaliças; criação de bovinos de corte e leite e pequenos animais (ovinos e caprinos); apicultura; piscicultura; projetos de irrigação; projetos de créditos rural das atividades agropecuária financiadas pelos bancos, principalmente Banco da Amazônia e Banco do Brasil.

Participaram da reunião o presidente do Ruraltins, Pedro Dias, o secretário de Agricutura e Pecuária, Clemente de Barros, o secretário de Representação do Estado em Brasília, Renato de Assunção e o senador Donizete Nogueira.

Ampliação do atendimento

Também foi negociada a liberação de um recurso no valor de R$ 4,29 milhões para investimentos na reestruturação física dos escritórios, inclusive reforma dos 34 que funcionam em sede própria, aquisição equipamentos de trabalho e capacitação dos técnicos. O projeto já foi protocolado formalmente junto ao Ministério, mas devido ao corte de mais de 40% no orçamento deste ano do MDA, o secretário executivo do órgão, Rafael Oliveira, informou que será necessário mais prazo para a análise. O Governo do Estado com o apoio do senador Donizete Nogueira continuará a gestão junto ao governo federal a fim de encontrar alternativas para que esse recurso também seja liberado.