Estado

Foto: Divulgação

A pipa, uma das marcas da infância de meninos e meninas - sobretudo dos que vivem nas periferias das cidades - se tornou o símbolo contra a redução da maioridade penal no Brasil. Nesse sábado, 18, a partir das 16h30min, na Praça dos Girassóis, adolescentes da Ubes – União Brasileira dos Estudantes Secundaristas/ Tocantins vão realizar um pipaço como forma de manifestação contra a PEC 171/93, que propõe a redução da maioridade penal de 18 para 16 anos. “A pipa é o símbolo do movimento contra a redução e também da educação municipal de Palmas, além de representar a liberdade”, justificou a adolescente Beatriz Ayres.

A presença no evento pode ser confirmada na página no Facebook “Pipaço contra a redução da maioridade penal”. A manifestação também já aconteceu no Pauí, na Bahia, no Rio de Janeiro e no Pará.

A PEC 171/93 foi aprovada em primeiro turno pela Câmara dos Deputados e a votação do segundo turno está prevista para agosto. Caso a proposta for aprovada na Câmara, seguirá para tramitação o Senado Federal. A atividade acontece na semana em que o ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente completa 25 anos.