Economia

Foto: Divulgação

Confirmado para ocorrer no dia 1º novembro, em Araguaína (norte do Tocantins), o 4º Leilão Pecuária Solidária já tem quatro entidades e projetos sociais na própria cidade que serão beneficiados com parte da arrecadação do evento. Além do Banco de Leite Humano do Hospital Dom Orione, já anunciado como beneficiário, parte da renda obtida pelo projeto atenderá a Casa de Acolhimento Ana Carolina Tenório, o Lar do Idoso Cantinho do Vovô e a Casa de Passagem "Tra Noi"

"Definimos que a aplicação dos valores que iremos repassar às entidades irá priorizar as demandas por investimentos na compra de equipamentos, melhorias e reformas de suas instalações ", afirmou o idealizador e responsável pelo projeto, o leiloeiro rural Eduardo Gomes.

O banco de leite irá aplicar sua cota na arrecadação do evento para compra de equipamentos para manipulação e condicionamento do leite. Já a Casa de Acolhimento Ana Carolina Tenório, que abriga crianças em situação de risco, investirá na aquisição de camas, colchões e armários. A verba do leilão ajudará o Lar do Idoso Cantinho do Vovô a reformar e ampliar banheiros, copa e cozinha. E a Casa de Passagem "Tra Noi", cuja ação é amparar pacientes em tratamento contra o câncer e outras enfermidades, necessita adquirir novos equipamentos para cozinha, como fogão, exaustor e câmara fria.

Além destes novos beneficiários já estão definidos também como entidades contempladas a Fazenda da Esperança e Casa de Apoio São Luiz.

O leilão

Iniciativa que une os diversos segmentos da cadeia produtiva do agronegócio a partir do Tocantins e que conta com a colaboração de produtores rurais, empresários e profissionais liberais de vários Estados brasileiros, o Leilão Pecuária Solidária chega este ano a sua quarta edição.

O projeto realizado a cada dois anos e q foi iniciado em Gurupi, em 2009, em 2011, foi sediado em Palmas e em 2013 aconteceu em Paraíso do Tocantins. O balanço atual registra que mais de R$ 1 milhão foi arrecadado e distribuído a entidades assistenciais que cuidam de pessoas carentes no Estado.

Em Araguaína, o leilão deste ano tem a parceria com Rotary Club, Sindicato dos Produtores Rurais, Associação Comercial e Industrial e Lojas Maçônicas de Araguaína, que juntos assumiram a responsabilidade na escolha da destinação dos valores.

O evento encerra a programação do Circuito ExpoCorte, que apóia a iniciativa a nível nacional.