Educação

Foto: Luiz Melchíades Estudantes interessados em participar devem se inscrever através do site do concurso Estudantes interessados em participar devem se inscrever através do site do concurso

Os alunos do ensino médio que gostam de realizar atividades criativas e inovadoras têm a oportunidade de participar do concurso “Respostas para o Amanhã”. As 20 melhores iniciativas receberão um kit para a produção de um vídeo e a escola da equipe vencedora receberá 40 notebooks para a instalação de um laboratório interativo.

As inscrições poderão ser feitas até o dia 20 de setembro, pelo site www.respostasparaoamanha.com.br. O objetivo do concurso é fazer com que os jovens elaborem projetos com soluções simples para melhorar a vida do lugar onde vivem, conectando suas ideias aos estudos em Ciências, Matemática, Tecnologia e Engenharia visando promover melhorias na comunidade.

Poderão se inscrever professores em exercício de suas atividades em uma das modalidades do Ensino Médio, o regular, integrado, educação profissional e educação de jovens e adultos, de instituições públicas municipais, estaduais e federais.

Inicialmente, serão selecionados os 20 melhores trabalhos, que receberão os kits para produção e edição de vídeo composto por notebook e uma câmara, para produzirem material audiovisual sobre os projetos apresentados. Os membros das cinco melhores equipes serão premiados com smartphones para alunos, um tablet para o professor orientador e outro para o diretor da escola. Os cinco vídeos serão disponibilizados no site para votação pública e escolha da melhor produção.

Concurso

O concurso é uma realização da Sansung, com a coordenação do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec) e tem o apoio do Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Educação (Consed).

Em 2014, mais de 27 mil alunos participaram do concurso e cerca de 1.300 professores. Este ano, participarão alunos dos seguintes países: Brasil, Argentina, Chile, México, Panamá, Paraguai, Peru e República Dominicana.

No Brasil, venceu o concurso no ano passado, a Escola Estadual Tristão de Barros, localizada em Currais Novos, interior do Rio Grande do Norte, com o projeto “Equilíbrio”. (Ascom Seduc)