Estado

Foto: Divulgação

Os técnicos da Coordenação Estadual de Defesa Civil do Tocantins iniciaram a fiscalização nos caminhões-pipa que irão atender a região sudeste do Tocantins. Os veículos fazem parte da ação emergencial que levará água aos 27 municípios atingidos pela estiagem. A operação ‘caminhão-pipa’, começa a ser executada a partir desta segunda-feira, 3 de agosto. 

Durante a fiscalização a Defesa Civil verificará as condições de funcionamento e estrutura dos caminhões. Nos meses de junho e julho o órgão realizou um processo de avaliação dos 27 municípios da região sudeste, com visitas das equipes para levantar informações. Com base nos números coletados, um formulário de informações de desastres foi elaborado e encaminhado para a Secretaria Nacional de Defesa Civil.

Um dos pontos que mais chamou a atenção no levantamento foi à redução dos mananciais da região. “Em algumas localidades córregos e pequenos riachos secaram completamente”, explicou o superintendente da Defesa Civil, tenente coronel Perterson Ornelas.

A operação ‘caminhão-pipa’ garantirá 300 litros de água por pessoa, três vezes por semana. Ao todo, 60 caminhões estão sendo contratados para atender segundo a necessidade de cada município.

Coordenada pelo Governo do Estado, a ação será executada pela Agência Tocantinense de Saneamento (ATS), em parceria com a Coordenação Estadual de Defesa Civil e Vigilância Sanitária. Para a contratação dos caminhões foi firmado um convênio com o governo federal que tem validade até 30 de novembro.