Polí­tica

A procuradora do Estado e ex-primeira-dama da cidade de Paranã, Sônia Rossato e o advogado Ulisses Alberto Veloso Pereira de Araújo se filiaram ao Partido Verde na noite da última sexta-feira, 6. O evento de filiação ocorreu no município de Paranã e contou com a presença do presidente regional da sigla, Marcelo Lelis.

A meta do Partido, de acordo com Lelis, é que a procuradora dispute as eleições para prefeita no município, no próximo ano. "Hoje recebemos dois importantes nomes no PV, o doutor Alberto Velosso que assumiu a presidência do Partido no município e a doutora Sônia, que tem um grande trabalho prestado ao Estado como procuradora e aqui em Paranã como primeira-dama. Nosso objetivo é que ela seja a candidata do PV à prefeitura de Paranã, por isso fizemos o convite e ela ficou de consultar sua base para depois nos dar uma resposta, temos convicção de que ela vai aceitar nosso desafio", declarou. 

Lelis também comentou sobre o crescimento do  Partido no Estado. "O PV cresceu ouvindo o povo, sempre trabalhamos para atender os anseios da população e  agora estamos percorrendo novamente o Estado em um ano que não é eleitoral, queremos ouvir as pessoas, da posse aos nossos  presidentes e dizer que aqui teremos pre-candidato a prefeito", finalizou.

Consultando o povo

Sobre o convite para disputar o comando da Prefeitura de Paranã, a procuradora se disse atraída e honrada com a proposta do PV, e que irá consultar o povo. "Me sentir atraída pelo convite e muito honrada, agora preciso consultar meus familiares, amigos e companheiros, se tivermos o apoio deles, podemos sim, construir um projeto que seja viável e que atenda aos anseios do povo de Paranã", disse a procuradora.