Educação

Foto: Elias Oliveira  Durante o encontro realizado no Palácio Araguaia, a comitiva do Japão tratou de diversas áreas para parceria com o Governo do Estado Durante o encontro realizado no Palácio Araguaia, a comitiva do Japão tratou de diversas áreas para parceria com o Governo do Estado

Durante encontro com a comitiva japonesa, liderada pelo embaixador Keiko Umeda, foi discutida a implantação de aulas de Língua Japonesa nas escolas públicas do Tocantins. O encontro, realizado na tarde dessa sexta-feira, 14, contou ainda com empresários japoneses e o secretariado estadual. Na ocasião, o governador Marcelo Miranda ainda aproveitou a oportunidade para convidar todo o grupo para conhecer o Salão do Livro, que será realizado em setembro.

De acordo com o embaixador, a iniciativa de implantar aulas de japonês nas escolas visa, a longo prazo, aumentar o número de estudantes brasileiros no Japão, através do Programa Ciência Sem Fronteira. De acordo com o diplomata, mesmo com a possibilidade de estudar em inglês, o domínio da língua mãe de seu país ainda é um fator que facilita a estada na terra do Sol nascente. “Hoje o Tocantins tem cerca de 10 mil pessoas de origem japonesa. Atualmente apenas 340 alunos brasileiros estudam no Japão pelo Ciência sem Fronteira e, por isso, o governo está querendo aumentar o número de alunos do Brasil no Japão”, completou.

Ainda segundo Keiko Umeda, a proposta pode contar com o apoio do Governo do Estado, bem como de instituições de ensino superior. “É importante termos as universidades e as escolas públicas com disciplinas de Língua Japonesa”, frisou.

Para o governador Marcelo Miranda, a parceria entre o Estado do Tocantins e o governo japonês, que vem desde a implantação do Programa de Cooperação Nipo - Brasileiro para o Desenvolvimento dos Cerrados (Prodecer), vem trazido bons frutos para a população do mais novo Estado do País. “O mais importante é saber que o Japão está presente no Tocantins e que os projetos aqui explanados por todos coincidem com os nossos”, pontuou.

Representando o secretário de Estado da Educação, Adão Francisco de Oliveira, a subsecretária de Educação, Morgana Gomes, destacou o projeto do Governo tocantinense para o desenvolvimento de uma educação integral e humanizada no Estado. “Este é um projeto que vem a cuidar dos processos educacionais, mas que trata também dos aspectos sociais, uma vez que traz também como foco as comunidades em situação de vulnerabilidade social, com escolas no Campo e 92 escolas de educação indígena”, explicou.

Com relação ao ensino de línguas estrangeiras nas escolas, a subsecretária destacou a recente parceria com a Embaixada dos Estados Unidos da América, que vem capacitando professores tocantinenses em Língua Inglesa através de programas de formação continuada. “Nós já temos no Estado uma parceria que vem dado certo com a Embaixada americana, que tem permitido a implementação do ensino de Língua Inglesa nas escolas”,completou.

Salão do Livro

Ao final do encontro, o governador convidou a todos os presentes para conhecer as festividades religiosas do Tocantins, assim como a 9ª edição do Salão do Livro que será realizado entre os dias 19 e 27 de setembro no Centro de Convenções Parque do Povo, em Palmas. “Com o Salão do Livro temos a grande satisfação de trazer todo o Estado para um evento em que alunos, professores, escritores, intelectuais podem interagir e levar mais conhecimento para as escolas”, disse Marcelo Miranda. (Ascom Seduc)