Saúde

Foto: Divulgação

Uma tecnologia usada em cirurgias neurológicas de alta complexidade, no mundo, e que vem ganhando cada vez mais espaço no Brasil, foi utilizada pela primeira vez no estado do Tocantins, no Hospital Unimed Palmas em parceria com a Ventura Biomédica, no sábado, 22. Trata-se da neuronavegação, que é uma neurocirurgia guiada por computador.

Segundo o responsável pelo equipamento, Rodrigo Lombardi, a neuronavegação é um sistema de tecnologia assistida por computador, que permite ao neurocirurgião ter precisão milimétrica na retirada de tumores, evitando possíveis danos ao tecido cerebral saudável. “A tecnologia do neuronavegador é fundamental para o tratamento em áreas nobres do cérebro, pois possibilita uma menor incisão e menor craniotomia, menos complicações intra-operatórias e pós-operatórias, e recuperação pós-cirúrgica mais rápida”.

De acordo com o neurocirurgião, Márcio Antônio Figueiredo, essa nova tecnologia presente no Estado do Tocantins é um benefício muito significativo e uma segurança a mais para o cirurgião e, claro, para o paciente.  “Agora estamos tendo acesso a essa tecnologia que já existia em outros hospitais do Brasil e nós não tínhamos acesso já que os planos de saúde não disponibilizavam, mas a Unimed teve a sensibilidade de oferecer isso aos seus beneficiários, afinal esse é o objetivo do plano de saúde, melhorar o atendimento aos seus usuários", reforçou o neurocirurgião.

Conforme o presidente da Unimed Palmas, Ricardo do Val Souto, tais iniciativas vêm de encontro ao objetivo de consolidar o Hospital Unimed Palmas como serviço de referência para procedimentos de alta complexidade não só no Estado do Tocantins como em toda região norte do país.