Estado

Foto: Zezinha Carvalho

O Governo do Tocantins autorizou nessa segunda-feira, 24, o desenvolvimento de um Projeto de Eficiência Energética que prevê o uso e aplicação de um sistema de iluminação pública com lâmpadas de LED nos municípios. Os projetos, chamados Modernizar LED e Energia Solar, foram discutidos durante a recepção a um grupo de empreendedores e investidores sul-coreanos no Palácio Araguaia. Os integrantes da missão internacional foram recebidos pela vice-governadora Claudia Lelis, o subsecretário do Desenvolvimento Econômico, José Carlos Bezerra, o superintendente do Desenvolvimento Econômico, Vilmar Carneiro, dentre outras autoridades.

Neste primeiro momento, os sul-coreanos celebraram convênio, por meio de parceria público-privada para implantação de iluminação de LED nas cidades de Porto Nacional e Paraíso, com investimento inicial da ordem de R$ 18 milhões; mas a expectativa é que seja expandido para as demais cidades do Tocantins. De acordo com Vilmar Carneiro, o Projeto de Eficiência Energética representa a redução de até 70% no consumo de energia do Estado.

Para a execução do projeto, os empresários apresentaram ao Governo uma carta de crédito no valor de US$ 100 milhões. “O Governo vai desenvolver os estudos e lançar o projeto. A partir da execução da carta, que oferta esses recursos, vai se empenhar para implantar o projeto para todo o Estado”, pontuou o superintende. Segundo ele, atualmente o programa está sendo implantado em sete estados brasileiros.

Para o Tocantins, um programa desta natureza representa mais que a redução do consumo: tem reflexo direto no desenvolvimento econômico, tornando-se um fator de atração de indústrias. “Isso gera a oportunidade de ofertarmos energia de qualidade para as indústrias que queiram se implantar no Estado; além disso, contribui para o desenvolvimento do Brasil, pois o Estado deixa de consumir energia no formato convencional para  consumi-la numa forma mais eficiente”, avaliou Vilmar Carneiro, pontuando a vantagem também para os municípios, que poderão investir em outras áreas os recursos hoje gastos com iluminação pública.

Nova indústria

Além de tratar do convênio com Porto Nacional e Paraíso e do Projeto de Eficiência Energética, na reunião os empresários anunciaram a instalação de uma indústria de lâmpadas de LED e placas solares no Tocantins.  

Comitivas

A vinda da comitiva sul-coreana ao Tocantins se deu por intermédio da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), cujas tratativas tiveram início há cerca de cinco meses. Também por meio da Sedetur, na próxima quarta-feira, 26, o Governo receberá os empresários e investidores integrantes de uma missão norte-americana para tratar de projeto relacionado a saneamento ambiental e resíduos sólidos. (Secom/TO)