Polí­cia

Foto: Divulgação A criança foi levada de ambulância para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) quando o médico confirmou a morte de Isaque A criança foi levada de ambulância para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) quando o médico confirmou a morte de Isaque

Uma criança de um ano e seis meses de idade, morreu asfixiada com um preservativo masculino em Araguaína na última terça-feira, 25 de agosto por volta das 13 horas. A criança, Isaque Emanuel Rodrigues brincava com a irmã de três anos quando aconteceu o acidente. A mãe das crianças, Maíra Pereira de Almeida, 24 anos, que estava na casa do irmão enquanto os filhos brincavam, ouviu os gritos da filha chamando por socorro. 

A mãe das crianças teria dito a polícia de plantão, que o preservativo era do irmão dela e que a filha teria aberto a embalagem do preservativo, brincando como se fosse balão. O preservativo estourou e provocou o engasgo. Maíra tentou desenrolar a língua do filho, no entanto, a criança já estava desmaiada. 

A criança foi levada de ambulância para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) quando o médico confirmou a morte de Isaque. O caso será investigado pela Delegacia da Criança e do Adolescente. O corpo do bebê foi enterrado na manhã da quarta-feira, 26.