Estado

Foto: Divulgação Desde que assumiu governador determinou uma série de medidas no Igeprev Desde que assumiu governador determinou uma série de medidas no Igeprev

O Estado do Tocantins conseguiu a renovação do Certificado de Regularidade Previdenciária – CRP nesta terça-feira, 8. A renovação aconteceu após uma decisão liminar do Supremo Tribunal Federal (STF), concedida em janeiro desse ano, que assegurou que as aplicações financeiras acima do limite não impedisse a emissão de novo certificado.

O CRP concede aptidão ao governo para realizar transferências voluntárias de recursos da União, celebração de acordos, contratos, convênios ou ajustes além da concessão e liberação de empréstimos, financiamentos, avais e subvenções em geral de órgãos ou entidades da Administração direta e indireta da União.

A atual gestão desde o dia 1° de janeiro quando assumiu assumiu, encontrou o Estado inadimplente e sem o certificado porém em março após gestão em Brasília o governador Marcelo Miranda conseguiu a primeira renovação do CRP. O governo atual tomou várias medidas com relação ao Igeprev já que o Instituto tem sido alvo de várias suspeitas de desvios e investimentos irregulares que devem ter gerado prejuízo na ordem de mais de R$ 200 milhões.

O atual Governo pagou parte da dívida referente ao que era de responsabilidade do Executivo, por se tratar de dinheiro recolhido dos servidores públicos e renovou o Conselho previdenciário além de uma nova política de investimentos que prevê aplicações apenas em bancos oficiais.