Economia

Foto: Divulgação

A empresa Valor Logística Integrada (VLI), especializada em operações logísticas que integram ferrovias, portos e terminais, alcançou no fim de agosto uma marca inédita quanto à movimentação de grãos no Terminal Integrador (TI) Palmeirante, em Tocantins. Somente nos oito primeiros meses deste ano, os trens que partiram da unidade operacional transportaram 1.046.661 toneladas de soja e milho. Em julho, a estrutura, que realiza o armazenamento e o transbordo desses produtos, já havia conseguido superar o volume total carregado em todo o período de 2014, com 893.472 toneladas contra as 814.822 movimentadas no ano anterior. 

Para manter o fluxo operacional, entre janeiro e agosto deste ano, o terminal recebeu grãos transportados por 27.338 caminhões que saíram dos estados do Tocantins, Mato Grosso, Piauí e Bahia. Durante o mesmo período, 11.119 vagões foram carregados, possibilitando a formação de 139 composições ferroviárias. Com destino à exportação, os produtos são levados para o Porto do Itaqui, na capital maranhense, pelos trilhos da Ferrovia Norte Sul, passando pelo corredor logístico Centro-Norte da VLI. 

A marca alcançada durante o último mês é resultado dos avanços na integração entre os ativos da companhia. Interligando ferrovias, terminais e portos, a VLI oferece uma operação mais ágil, segura e eficiente, o que possibilita ganhos em toda a cadeia produtiva. “Estamos alinhados com a crescente demanda quanto ao escoamento de cargas também pela região Norte do país. Por isso, além de apostar no sistema logístico integrado, desenvolvemos processos no terminal que levaram ao aumento da produtividade nas atividades de transbordo e da disponibilidade dos equipamentos”, explica Wander Marquez, gerente do TI Palmeirante.

O terminal está localizado na cidade de Palmeirante, no Tocantins, região promissora para o crescimento da produção agrícola. A estrutura de 12 mil m² conta com dois tombadores de carretas, dois silos com capacidade para armazenar 6 mil toneladas cada e uma tulha com capacidade de carregamento de mil toneladas por hora. No mesmo Estado, a VLI está investindo na construção de mais dois terminais de transbordo e armazenagem de grãos: um também em Palmeirante e outro no município de Porto Nacional. 

Sobre a VLI 

A VLI tem o compromisso de apoiar a transformação da logística no País, por meio da integração de serviços em portos, ferrovias e terminais. A empresa engloba as ferrovias Norte Sul (FNS) e Centro-Atlântica (FCA), além de terminais intermodais, que unem o carregamento e o descarregamento de produtos ao transporte ferroviário, e terminais portuários situados em eixos estratégicos da costa brasileira, tais como em Santos (SP), São Luís (MA) e Vitória (ES). A VLI transporta as riquezas do Brasil por rotas que passam pelas regiões Norte, Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste.