Cultura

Foto: Divulgação

“As pessoas que estão ali, na rua, têm tanto direito de assistir e de ter acesso, como uma pessoa que tem dinheiro pra pagar a entrada de um espetáculo em alguma casa especial de apresentação de teatro e dança. A rua é democrática. É para todos!”. Esse é o conceito da Lamira para definir a relação do público com seu espetáculo de rua “Do Repente”. A montagem, que traz uma mistura do universo popular nordestino com elementos da comédia Dell Arte, vai ser levada para cidades do interior do Tocantins, no próximo ano, através do Programa Petrobrás  Distribuidora de Cultura 2015/2016.

O espetáculo traz em sua pesquisa de figurinos, características que remetem à ideia do cangaço, do vaqueiro, dos coronéis, entre outros, além de músicas que homenageiam a tradição do repentista, seja ela no coco de embolada, no aboio, na viola, no martelo agalopado ou no martelo perguntado. A atração traz um show de sonoridades da cultura popular do nordeste, que sem dúvidas, fez parte da construção da nossa identidade cultural brasileira.

Além disso, a peça proporciona uma viagem nas figuras do poeta cantador, do coquista, do aboiador, do glosador, do cordelista, do mamulengueiro e da influência desses elementos na formação da diversidade cultural do País. A poética do espetáculo leva para o público uma mistura instigante entre a dramaturgia do gesto, do teatro e da dança. A montagem já foi apresentada mais de 80 vezes, em mais de 60 cidades brasileiras.

Projeto: Do Repente

Diretor: João Vicente
Elenco principal: Carolina Galgane, João Vicente, Renata Oliveira, Taiom Tawera.

Sinopse: Espetáculo cuja poética foi elaborada em torno do universo do Romanceiro Popular do Nordeste brasileiro. Estão presentes a comédia dell’Arte, e a música popular de violeiros, aboiadores, coquistas e cordelistas. Cidades da circulação: Arraias, Cristalândia e Natividade/TO

Programa Petrobrás Distribuidora de Cultura

Essa é a quarta edição do Programa Petrobras Distribuidora de Cultura, uma parceria da Petrobras Distribuidora com o Ministério da Cultura. O investimento é de R$ 15 milhões, o Programa contemplou 83 projetos, sendo 67 na categoria adulto e 16 na categoria infanto juvenil, que circularão no período de setembro de 2015 à novembro de 2016, em mais de 119 municípios em todo país.

O programa apresenta duas novidades esse ano: serão realizados, em todas as cidades da circulação, encontros com grupos de teatro locais para compartilhar experiências; e os projetos deverão oferecer, em todas as apresentações, tradução para libras – a linguagem brasileira de sinais – e/ou audiodescrição.

O objetivo dessas novidades é fortalecer o intercâmbio cultural e ampliar o acesso de públicos diversos, tendo a cultura como identidade principal.

Os projetos contemplados são oriundos de todas as regiões geográficas, mais precisamente 20 Estados, possibilitando dessa forma, a apresentação de ampla diversidade de culturas e de linguagens cênicas para públicos de todo país.

Lamira Artes Cências

A Lamira é um grupo de Artes Cênicas de Palmas/TO. A Cia completa, agora em 2015, cinco anos de criação e neste ano estreia o seu quinto espetáculo: “Olhai por nós”, espetáculo cênico-musical. O grupo pesquisa e busca na fisicalidade o ponto de interseção entre as linguagens da dança, teatro e arte circense. Suas produções partem da interação entre coreógrafos, diretores e pesquisadores das mais diversas áreas. O objetivo da Cia é fomentar, fortalecer e desenvolver as artes cênicas como linguagem cultural.