Estado

Presidido pelo governador Marcelo Miranda, o 3º Encontro do Fórum de Governadores do Brasil Central, realizado em Palmas, nesta sexta-feira, 11, no Palácio Araguaia, contará com a participação dos chefes do Executivo de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Distrito Federal e Rondônia. Em pauta, discussões sobre uma agenda positiva, projetos a serem implantados e a assinatura de um Protocolo de Intenções, documento que definirá a atuação dos estados envolvidos, através do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central.

Segundo Marcelo Miranda, o evento constituiu um instrumento essencial na tarefa de discutir e buscar soluções para os problemas comuns dos estados envolvidos, especialmente diante do cenário econômico atual. “Ao provocar as discussões e deliberações do fórum, o Tocantins dá a sua contribuição para o fortalecimento da Região Central do País. Juntos, vamos promover mudanças consideráveis no cenário econômico dos estados envolvidos”, disse Miranda adiantando. “Estamos discutindo assuntos que nos são comuns, em busca de soluções conjuntas e viáveis”, disse.

O início dos trabalhos está previsto para as 9 horas, na sala de reuniões, com a apresentação dos projetos iniciais a serem realizados através do Consórcio Brasil Central. “A princípio, as demandas serão voltadas para o desenvolvimento nos setores  de empreendedorismo,  inovação tecnológica e em políticas para a Educação”, esclareceu o governador tocantinense.

Consórcio Brasil Central

A criação do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central permitirá a execução de políticas públicas, além de reunir recursos dos Estados membros, captar recursos e fortalecer a atuação política do Centro-Oeste. O consórcio terá seu escritório-sede em Brasília.

Protocolo de Intenções

Em um segundo momento, os governadores irão assinar um Protocolo de Intenções, documento que especificará a base e a formatação do consórcio, além de definir como, onde e quais os projetos a serem executados.  A elaboração do documento tem o respaldo dos secretários de planejamento, procuradores e técnicos dos estados envolvidos.

Ainda durante o evento, os governadores devem assinar as mensagens a serem enviadas aos Poderes Legislativos de cada unidade federativa envolvida. A elas serão anexadas minutas do Protocolo de Intenções.

Participantes

Além de Marcelo Miranda, fazem parte do Fórum os governadores do Mato Grosso, Pedro Taques; de Goiás, Marconi Périplo; de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja; do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg; e de Rondônia, Confúcio Moura e o ministro-chefe da secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, Roberto Mangabeira Unger (em Palmas, representado pelo ministro interino Vitor Chaves).

Percentuais

Os estados que compõem o Fórum respondem por 25% do território nacional; 45% da produção bovina do País; e 26% de toda a produção agropecuária do Brasil.

Por: Redação

Tags: Marcelo Miranda, Palácio Araguaia