Polí­tica

Foto: Divulgação

O deputado estadual Elenil da Penha (PMDB) solicitou ao governador Marcelo Miranda (PMDB), o desarquivamento do Projeto de Lei Complementar nº 8/2013, que cria a região metropolitana de Araguaína. A proposta busca ampliar investimentos a partir da ação integrada de 17 municípios. “O objetivo é promover o desenvolvimento regional através da cooperação entre diferentes níveis de governo, com a descentralização de seus órgãos e a execução de políticas públicas de interesse comum dos municípios envolvidos, especialmente na área de transporte, saúde, meio ambiente e comunicações”, explicou o parlamentar.

Para Elenil, é importante que a Assembleia Legislativa (AL) retome, o quanto antes, as discussões sobre o assunto, garantindo a participação popular nos debates e abrindo espaço para a manifestação dos prefeitos e vereadores das cidades abrangidas pelo projeto. “Essa é uma proposta de extrema relevância para o Tocantins. Como é de autoria do governo, cabe ao estado decidir pela sua retomada e estou certo de que ele o fará. Desarquivado, o projeto voltará a tramitar na Assembleia e, quando isso acontecer, convocaremos a sociedade para discuti-lo junto conosco”, afirmou o deputado.

De acordo com o projeto, a área metropolitana de Araguaína será integrada pelos seguintes municípios: Araguaína, Aragominas, Araguanã, Arapoema, Babaçulândia, Bandeirantes, Bernardo Sayão, Carmolândia, Filadélfia, Muricilândia, Nova Olinda, Palmeirante, Pau D’Arco, Piraquê, Santa Fé do Araguaia, Wanderlândia e Xambioá. “O Brasil está em crise, o Tocantins também enfrenta dificuldades e é quando elas aparecem, que percebemos a importância de unir forças para superá-las. A região metropolitana de Araguaína vem ao encontro dessa necessidade, de buscar o progresso através do esforço coletivo”, finalizou Elenil.