Campo

Foto: Divulgação

A produção tocantinense de grãos da safra 2014/2015 deve chegar a mais de 4,2 milhões de toneladas, o que representa um aumento de 25,7% em relação à safra passada (2013/2014), que foi de 3,3 milhões. Os dados são do 12º e último levantamento de grãos da safra atual, divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) na última sexta-feira, 11. De acordo com a pesquisa, em todo o Brasil, a safra deve ficar em 209,48 milhões de toneladas, um aumento de 15,85 milhões de toneladas ou o equivalente a 8,2% sobre a safra anterior, de 193,62 milhões de toneladas.

No Tocantins, a soja continua sendo o carro chefe na produção de grãos, passando de 2.058,8 mil toneladas, na safra anterior, para 2.475,7 mil toneladas, um crescimento de 20,2% para a safra atual. Em todo o país, o crescimento foi de 11,8%, passando de 86,1 milhões para 96,2 milhões de toneladas.

Os dados mostram também crescimento na área plantada na produção de grãos. Na safra anterior foram cultivados 1.061,30 mil hectares, aumentando para 1.248,12 mil hectares na safra 2014/2015, um acréscimo de 17,6% na área plantada. A área de soja no Tocantins também cresceu de 748,4 mil hectares para 849,6 mi hectares, o equivalente a 13,5%.

Outros grãos

O cultivo do milho no Tocantins é outra cultura em expansão e ocupa o segundo lugar. De acordo com o levantamento, o Tocantins colheu nesta safra 1.049,41 mil toneladas, superando a passada, que ficou em 683,26 mil toneladas. Um aumento de 53,7%. As produções de arroz sequeiro e irrigado vêm em seguida, com 605,15 mil toneladas, 11,13% superior a safra anterior, que foi de 543,66 mil toneladas. A área plantada também foi superior, 12%, com 127,51 mil hectares.

Tecnologia

De acordo com o engenheiro agrônomo da Secretaria do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro), Anderson Pereira além da expansão das áreas, motivadas pelas condições bastante favoráveis de clima, chuvas definidas, relevo plano, boa posição geográfica e logística, o aumento da produtividade também colaborou para o crescimento da produção de grãos no Tocantins, a exemplo do milho, com quase cinco mil quilos por hectare e da soja, com três mil quilos por hectare.

“Os produtores têm aplicado, cada vez mais, tecnologias o que viabiliza o aumento de produtividade das culturas. Outro ponto favorável são as variedades adaptadas que resulta em alta produtividade, somando na totalidade desse crescimento da agricultura do Estado”, explica Anderson Pereira.