Polí­tica

Foto: Divulgação

O Plano Nacional de Recuperação de Vegetação Nativa (Planaveg), que tem como meta a recuperação de 12,5 milhões de hectares de vegetação nativa em vinte anos, e os Programas de Regularização Ambiental (PRA) dos estados incluídos no Matopiba serão discutidos em um seminário da Comissão de Meio Ambiente, Fiscalização e Controle do Senado Federal, na sexta-feira, 25, na capital do Tocantins, Palmas.

O Planaveg foi elaborado com o objetivo de ampliar e fortalecer as políticas públicas, incentivos financeiros e boas práticas agropecuárias para a recuperação nativa do país, tendo como prioridade as áreas de Reserva Legal (ARL), de Preservação Permanente (APP) e degradadas com baixa produtividade.

Durante o debate do requerimento do senador Donizeti Nogueira (PT-TO), aprovado na manhã dessa terça-feira, 15 pela CMA, a iniciativa foi elogiada pelo senador tocantinense Ataídes Oliveira, que reforçou o convite para que os senadores participantes da reunião e o presidente, Otto Alencar, do PSD da Bahia, estado integrante do Matopiba, visitem Palmas e participem do seminário.

Serão convidados para o seminário um representante do Ministério do Meio Ambiente, para apresentação do Planaveg com ênfase no bioma cerrado, um representante do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), para apresentação da estratégia da pasta para a região do Matopiba, um representante da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), representantes das secretarias de Meio Ambiente e das federações da Agricultura e Pecuária dos estados integrantes do Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia).