Estado

Foto: Divulgação

O Ministério Público Estadual (MPE) declarou luto oficial de três dias pelo falecimento do promotor de Justiça Glaydon José de Freitas. O ato que declara o luto, assinado pelo procurador-Geral de Justiça, Clenan Renaut de Melo Pereira, manifesta profundo pesar e consternação por parte dos membros e servidores do MPE pela morte do membro do parquet estadual.

No documento, o chefe do MPE destaca que o nobre promotor de Justiça cultivou profunda gratidão e admiração dos tocantinenses, inscrevendo indelevelmente com honradez seu nome na história do Estado do Tocantins.

Glaydon José de Freitas faleceu nesta quarta-feira, 16 de setembro, aos 55 anos de idade, em decorrência de câncer. Glaydon era membro do MPE do Tocantins desde 1991 e estava na capital paulista realizando tratamento. O Promotor de Justiça deixa esposa e três filhos.

O velório acontece em Paraíso do Tocantins, no espaço Señor Eventos, localizado na rua Araguaia, 212, próximo a Prefeitura Municipal. Os horários do velório e sepultamento ainda serão confirmados.

Governador do Estado 

O governador do Estado, Marcelo Miranda, prestou condolências aos familiares. De acordo com Miranda, o Ministério Público do Tocantins perde um profissional dedicado à defesa e fiscalização dos interesses dos cidadãos tocantinenses. "O promotor de Justiça Glaydon José de Freitas, com certeza, deixará sua contribuição e reconhecimento expressos pela busca da excelência nos seus afazeres e ações", segundo o governador.  (Matéria atualizada às 17h51min)