Educação

Foto: Divulgação

Certificados e renomadas provas da Microsoft, Google entre outras grandes empresas de tecnologia são oferecidos aos profissionais de Tecnologia da Informação para aperfeiçoamento na área. No entanto, todo o material disponibilizado é em inglês. Esse fator tem sido um dos problemas entre os especialistas, que em sua grande maioria, não tem domínio sobre a língua. Atualmente muitos empreendedores possuem dificuldade de encontrar profissionais de TI com alta qualificação, possuindo o inglês de modo fluente ou avançado.

A língua inglesa é essencial para todas as áreas profissionais, porém tem ganhado destaque no setor de tecnologia, no qual se encontra em constante crescimento, principalmente com os avanços tecnológicos. Os técnicos de TI têm que lidar diariamente com termos na língua estrangeira como Firewall, Browser, Backup, Spam, entre outros. Além disso, toda a programação como códigos e abreviações são desenvolvidos em inglês e o domínio do idioma se torna ainda mais essencial.

Recorrer a um curso de inglês ou na busca por aulas particulares nesse idioma, tem sido a recomendação de empresas para profissionais, principalmente diante do mercado de trabalho altamente competitivo nos dias de hoje. Por outro lado, muitos profissionais apresentam falta de interesse pelo curso, e, isso está ligado ao fato de algumas aulas serem aplicadas sob métodos tradicionais de ensino – não contendo dinamismo dos professores e consequentemente o avanço e desenvolvimento dos alunos após um longo período. Entretanto, para que o estudo se torne algo prazeroso, é importante que o profissional procure um curso de idiomas que seja arrojado, dê maior confiança, trazendo resultados em um prazo razoável de aprendizado. Afinal, a área de tecnologia da informação exige bastante flexibilidade de um profissional, e otimizar tempo pode ser uma alternativa a ser alinhada para esse objetivo.

O profissional que pretende crescer na área e tem como propósito atuar em grandes empresas de tecnologia como a Apple ou Google, deve desenvolver-se no idioma. Além da necessidade da segunda língua, a fluência ainda proporciona maiores salários, oportunidades de viagens estrangeiras e cargos elevados. O mercado está competitivo para todos e não seria diferente para o setor de TI. Atualmente o país enfrenta carência por profissionais qualificados, mas o mercado garante grandes oportunidades para quem está disposto a esse preparo.

E, diante desse cenário e para que provas e certificações tenham maior aproveitamento por parte dos profissionais de TI - sem qualquer receio dos materiais, o inglês, antes de tudo, tem que ser atribuído na rotina do setor.  Em conclusão a área exige muitas certificações e dominar o inglês poderá trazer grandes oportunidades que o só “mundo” tem para oferecer.

Por: Ruth Marques

Tags: Ruth Marques, Tecnologia da Informação