Educação

Foto: Elias Oliveira Os técnicos responsáveis por avaliar as ações de escolas e professores passaram por formação na Seduc Os técnicos responsáveis por avaliar as ações de escolas e professores passaram por formação na Seduc

Após o encerramento das inscrições para a Iniciativa Educadores do Brasil (IEB), que une os Prêmios Gestão Escolar (PGE) e Professores do Brasil (PPB), divulgou o balanço de escolas e educadores que irão participar das premiações no Tocantins. De acordo com Luciene Alves, coordenadora do PGE no Estado, foram finalizadas 557 inscrições de escolas e 89 de professores. Os números ficaram dentro da meta estipulada, que era finalizar a maior parte das cerca de 600 inscrições iniciadas em junho deste ano.

Luciene Alves destacou que, a partir da confirmação das inscrições na Iniciativa Educadores do Brasil, o próximo passo para unidades escolares e professores que participam das premiações é dar continuidade aos trabalhos dos diretores e das equipes nas escolas, conforme as atividades estabelecidas no plano de ação da IEB. “Essas ações são resultado da autoavaliação e precisam avançar nos pontos desafiadores para um resultado significativo nas dimensões da gestão escolar”, destacou.

A Iniciativa tem como meta valorizar ações diferenciadas que escolas e professores realizam junto aos alunos, promovendo o fortalecimento do sistema ensino-aprendizado e impactando positivamente a comunidade escolar. “No Tocantins temos experiências incríveis que merecem ser divulgadas, reconhecidas e premiadas, que são o carro chefe dos resultados positivos da escola. O sucesso da gestão pedagógica passa pelo trabalho do professor, por isso essa mobilização”, relatou Luciene.

Educadores do Brasil

A Iniciativa Educadores do Brasil une o Prêmio Gestão Escolar (PGE), que reconhece boas práticas realizadas pelas escolas públicas brasileiras, e o Prêmio Professores do Brasil, voltado para a figura do educador que desenvolve maneiras diferenciadas de educar. Além disso, em 2015, o Governo do Tocantins está realizando uma premiação própria, chamada Prêmio Escola Comunitária, para valorizar ações e atividades que fortaleçam o sistema de ensino e aprendizagem no mais novo Estado da Nação.