Polí­cia

Foto: Divulgação

A juíza Wanessa Lorena Martins de Sousa Mota, da comarca de Wanderlândia, conduzirá na terça-feira (6/10) a sessão Plenária do Tribunal do Júri que irá julgar o lavrador Luzimar Xavier da Silva, 50 anos, a partir da 8h30.

Ele é acusado de ter armado uma emboscada na qual assassinou, por motivo fútil, seu irmão, Leomar Xavier da Silva, com um tiro de espingarda cartucheira que acertou a vítima na boca. O crime ocorreu em dezembro de 2012. Os irmãos disputavam a propriedade de um sítio na zona rural da cidade e a justiça havia decidido a favor da vítima.

No dia do crime, a vítima voltava para a chácara em um veículo quando uma barreira de pedra próxima a uma porteira, a 380 metros da casa, o fez parar o automóvel, quando recebeu o tiro que o matou. Mesmo atingido, ainda lutou contra seu algoz e depois conduziu o veículo até colidir com o curral. Teve o corpo retirado do veículo por familiares até a chegada da perícia. Luzimar chegou a ser preso preventivamente em 11 de janeiro de 2013.

A ação tramita desde fevereiro de 2013 com sentença de pronúncia para julgamento pelo júri proferida em 14 de julho do mesmo ano pelo juiz José Eustáquio de Melo Júnior.