Estado

Foto: Divulgação

Mais de 200 idosos reuniram-se na manhã desta terça-feira, 6, no auditório Durval Godinho, em Porto Nacional, para a 3ª Mobilização Municipal de Enfrentamento à Violência Contra a Pessoa Idosa. O evento teve como objetivo prestar orientações e proporcionar um dia de incentivo à participação do idoso na sociedade, abordando temáticas que estimulam o combate da violência contra a pessoa idosa, o processo de envelhecimento humano, acesso à justiça e o papel do Centro de Referência Especializado de Assistência Social de Porto Nacional (Creas).

O Ministério Público Estadual foi representando no evento pela promotora de justiça, Márcia Mirele Stefanello Valente, que proferiu palestra sobre a importância da família no cuidado com os idosos. “A institucionalização de idosos deve ser uma exceção e não a regra. A família deve buscar o Poder Público para garantir o bem-estar do idoso, mas não de forma a livrar-se dele. Devemos ter cuidado para não respaldarmos uma ruptura ainda maior do vínculo afetivo”, comentou a promotora de Justiça.

O evento foi promovido pela Prefeitura de Porto Nacional, por meio da Secretaria Municipal do Trabalho e Assistência Social e do Creas.