Cultura

Foto: Divulgação

O fantástico mundo dos quadrinhos contado de uma forma irreverente e com muita expressão corporal, que envolve teatro, dança e também o universo circense. Essa é a proposta do espetáculo infantil “Gibi”, estrelado pela Cia do Tocantins Lamira Artes Cênicas. A montagem, que tem 40 minutos de duração, é patrocinada pelo projeto “O Boticário na Dança”. A Lamira é a única Cia da região norte do Brasil a ter esse tipo de apoio. A Atração vai ser levada pela primeira a Curitiba – PR, em comemoração ao mês das crianças.

O espetáculo foi estreado há dois anos e conta com a participação de cinco artistas em cena. Em um cenário que remete a folhas de Gibis gigantes, os artistas prendem à atenção do publico com inúmeras brincadeiras, diversões e muita palhaçada, já que aborda o universo dos Clows.

A peça conta as aventuras de palhaços que tem as histórias em quadrinhos, com ponto de partida para as aventuras vivenciadas em cena. O espetáculo é permeado pelas músicas eruditas, que ajudam a criar uma atmosfera imaginária, que remete à infância e suas brincadeiras, resultado desse encontro entre circo, literatura e a dança contemporânea. 

A montagem foi criada a partir de pesquisas sobre o imaginário infantil e as histórias em quadrinhos. Ao término do espetáculo, gibizinhos são entregues, ajudando no fortalecimento das ideias trabalhadas em cena, e dando uma oportunidade de discussão entre crianças e pais ou responsáveis, dentro do ambiente do lar.

A atração estará em cartaz nos dias 22 e 23 de outubro (quinta e sexta), às 17h, no Teatro Fernanda Montenegro, que fica localizado no shopping Novo Betel, em Curitiba – PR.

Ficha Técnica

Durante o processo de criação, Gibi agregou importantes nomes artísticos das mais diversas áreas: João Vicente assina a coreografia, a direção artística e o cenário; Fernando Yamamoto (diretor dos Clowns de Shakespeare) e o consultor de direção teatral; Adelvane Néia (uma das principais formadoras de palhaços do Brasil) assina a preparação de palhaço da Cia; Geuvar Oliveira (referência nos quadrinhos tocantinenses) cuidou da consultoria de linguagens de HQs.

O Boticário na Dança

O Boticário na Dança tem como objetivo valorizar a dança em todo Brasil. E neste ano contemplou vários projetos ligados a esta área artística. Eles passaram por avaliações como: mérito intrínseco do projeto, com perspectiva de contribuição ao enriquecimento sociocultural, concepção geral do projeto, currículo e também a viabilidade de execução, como: clareza, competência técnica e proposta do espetáculo.

Lamira

A Lamira é um grupo de artes cênicas de Palmas/TO. A Cia completa, agora em 2015, cinco anos de criação e neste ano estreia o seu quinto espetáculo: “Olhai por Nós”, espetáculo cênico musical. O grupo pesquisa e busca na fisicalidade o ponto de interseção entre as linguagens da dança, teatro e arte circense. Suas produções partem da interação entre coreógrafos, diretores e pesquisadores das mais diversas áreas. O objetivo da Cia é fomentar, fortalecer e desenvolver as artes cênicas como linguagem cultural.

Por: Redação

Tags: Agenda Cultural, Boticário