Estado

Foto: Pedro Barbosa

Ao receber a medalha da Ordem do Mérito Renascença do Piauí, no grau Grã-Cruz, o governador Marcelo Miranda (PMDB) fez questão de dividir o mérito com os tocantinenses. A homenagem foi concretizada com a entrega de uma faixa com a medalha feita pelo governador do Piauí, Wellington Dias, na noite dessa segunda-feira, 19, durante a solenidade de celebração 193 aniversário do Piauí, no Teatro 4 de Setembro, em Teresina (PI). O deputado estadual, Paulo Mourāo também foi homenageado no mesmo grau.

“Divido a alegria desta homenagem com todos os tocantinenses, motivo maior do meu trabalho e empenho de homem público, que culminou com o recebimento desta homenagem”, disse ele. Prosseguiu sua fala, enaltecendo a história de coragem dos piauienses, “motivo de reconhecimento e orgulho”, referindo-se especialmente aos piauienses que escolheram o Tocantins como sua nova moradia e hoje contribuem para o desenvolvimento do mais novo estado da federação.

Marcelo Miranda ressaltou, ainda, as boas relações político-administrativas que, segundo ele, têm contribuído para a realização de ações conjuntas entre o Piauí e o Tocantins. “Prova disso é a nossa participação agregadora por meio do Matopiba – programa que deve render bons frutos para os estados envolvidos: Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia. Isso nos torna coirmãos. Isso nos torna mais fortes diante da nação brasileira, especialmente porque o desenvolvimento do País passa por nossas terras, pelo nosso povo”.

Wellington Dias falou da Ordem do Mérito, destacando que a homenagem é o reconhecimento dos piauienses aos que contribuem e/ou contribuíram para o desenvolvimento do Piauí. “Representa a nossa gratidão a pessoas comuns, desde a área social, esporte, cultura a autoridades, a exemplo do governador Marcelo Miranda, nosso parceiro e defensor de melhorias para o Piauí por intermédio de discussões e projetos a serem concretizados por meio  do Matopiba”. Também destacou o empenho do deputado Paulo Morão, especialmente nas áreas da Educação e empresarial.

O evento contou com a presença de autoridades locais, estaduais e federais dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, homenageando a 34 profissionais das mais diversas áreas.  Além do grau Grã-Cruz, a homenagem é prestada nos graus Grande Colar, Grande Oficial, Comendador, Oficial e Cavaleiro. A insígnia da Ordem traz no verso o Brasão de Armas do Estado do Piauí, montado sobre uma estrela heráldica. No verso, a legenda histórica: “Ordem Estadual do Mérito Renascença do Piauí”.

Homenagem

Instituída em 1973 e regulamentada em 1975, a medalha foi criada pelo então governador Alberto Silva, orientado por Arnaldo Madeira Bastos e Arimathéa Tito Filho.  Os homenageados são definidos por um Conselho com o objetivo de homenagear pessoas comuns, personalidades e entidades nacionais e estrangeiras por relevantes serviços prestados ao estado do Piauí e que tenham se tornando dignas da gratidão, admiração e reconhecimento do povo e do governo piauiense.