Polí­cia

Foto: Divulgação

A equipe de investigadores da Delegacia Especializada na Repressão a Narcóticos (Denarc), sob o comando do delegado Guilherme Rocha Martins, apreendeu, por volta das 15 horas da última segunda-feira, 26, em uma residência localizada no Jardim Taquari, em Palmas, oito quilos de maconha, porções de Crack, além de cerca de R$ 2.000,00, dinheiro proveniente da venda de drogas. O entorpecente estava em poder do casal Francisco Eridiberto Gomes da Silva, mais conhecido como “Betão”, de 38 anos e sua companheira Luana da Silva Sousa, de 19 anos de idade, os quais foram autuados em flagrante pela prática do crime de tráfico de drogas.

De acordo com o delegado, o casal, que reside em uma região de invasão conhecida como “Capadócia”, a qual faz divisa com o Jardim Taquari, Região Sul da Capital, passou a ser monitorado pela Denarc, após os policiais civis daquela delegacia especializada receberem denúncias de que ambos estariam comercializando drogas, na região em que moravam.

Durante as investigações, os agentes constataram que Francisco e Luana eram os responsáveis pelo abastecimento de pequenas bocas de fumo da região e, utilizavam uma residência, localizada no Jardim Taquari para armazenar uma quantidade expressiva de entorpecentes.  Diante dos fatos, os investigadores foram até o local, onde apreenderam em poder do casal, 8 quilos de maconha, várias porções de Crack, 2 mil reais em dinheiro, além de balança de precisão e demais materiais para embalar a droga.

Os dois indivíduos foram conduzidos à sede da Denarc, onde foram autuados por tráfico de drogas e, após as providências cabíveis, foram recolhidos na carceragem da Casa de Prisão Provisória de Palmas – CPPP e Unidade Prisional Feminina da Capital, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário.

Para o delegado Guilherme Rocha, a apreensão de mais de 8 quilos de drogas e a prisão de Francisco e Luana significam mais um duro golpe contra o tráfico de drogas, em Palmas. “A apreensão de mais essa quantidade expressiva de drogas, representa mais uma vitória da sociedade no combate ao tráfico de drogas, uma vez que com a prisão desse casal, o qual era responsável por abastecer pequenas bocas de fumo na região Sul de Palmas, uma grande quantidade de entorpecente deixará de ser comercializada, na cidade”, pontuou.

O delegado também afirmou que novas ações de combate ao tráfico de drogas estão em curso e que, dentro em breve, novas prisões e apreensões poderão ser efetuadas. “As equipes de investigadores da Denarc estão diuturnamente nas ruas com a missão de mapear, localizar e desarticular pontos de vendas de drogas e capturar os indivíduos, que ainda de aventuram nessa prática ilícita e que causa enormes transtornos para toda a sociedade”, concluiu.  

Por: Redação

Tags: Denarc, Guilherme Rocha Martins, Polícia