Campo

Foto: Divulgação

Foi realizada nesta terça-feira, 03, as eleições para a nova diretoria do Fundo Privado de Desenvolvimento Agropecuário do Estado do Tocantins (Fundeagro), que reconduziu o atual presidente Saddin Bucar Figueira para a gestão de 05 de novembro de 2015 a 05 de novembro de 2017. Saddin Bucar é agropecuarista e presidente do Sindicato Rural de Miracema. Além de Bucar, também foram eleitos o novo vice-presidente da entidade, Humberto Camelo, que é presidente da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Tocantins (Adapec), Humberto Camelo, além dos membros que compõem os conselhos Deliberativo, Fiscal e Administrativo.

O Fundeagro, é uma fundação privada, sem fins lucrativos, que tem o objetivo de promover o desenvolvimento e aperfeiçoamento da agropecuária do Estado do Tocantins, bem como trabalhar para a erradicação da febre aftosa e outras zoonoses, e o controle de pragas e doenças de vegetais.

Para Saddin Bucar, o Fundeagro tem uma missão de extrema importância na luta pela defesa dos interesses dos agropecuaristas no Tocantins, e tem contribuído para tornar o rebanho bovino do estado livre da febre aftosa, com vacinação, desde o ano de 1997. Saddin Bucar destacou o trabalho que tem sido realizado em parceria com todos os órgãos de defesa animal e com o apoio do Governo Estadual e Federal.

Paulo Carneiro assegurou que o Sistema Faet/Senar permanecerá sendo um grande parceiro do Fundeagro, e que uma das metas deste trabalho é o fortalecimento da defesa agropecuária no Tocantins, bem como aumentar os números da exportação da carne tocantinense.

Fazem parte do Fundeagro entidades como a Federação da Agricultura e Pecuária do Tocantins (Faet); o Sindicato das Indústrias Frigoríficas de Carnes Bovinas, Suínas, Aves, Peixes e derivados do Estado do Tocantins (Sindicarnes); a Associação dos Criadores de Nelore do Tocantins (ACNT); a Associação das Indústrias de Laticínios e Derivados do Leite do Estado do Tocantins (Sindileite; a Associação Sul Tocantinense de Pecuária de Corte  -(Apeco);  o Sindicato e Organização das Cooperativas Brasileiras no Estado do Tocantins (OCB);  a Superintendência Federal da Agricultura e Abastecimento (SFA)e a Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Tocantins (Adapec).

Por: Redação

Tags: Fundeagro, Humberto Camêlo, Saddin Bucar, campo