Geral

Foto: Divulgação

Cartinha na mão, olhar atento e sorriso no rosto: foi assim que crianças da Escola de Tempo Integral Aprígio Thomaz de Matos receberam o Papai Noel dos Correios. Foi uma manhã de muita alegria e vários pedidos, entre eles: boneca, carrinho, material escolar e bicicleta.

A aluna do 4° ano, Raylane Nazário, pediu uma mochila escolar. “Eu quero muito ganhar esse presente, pois vai ajudar nos meus estudos e minha mãe não tem condição de comprar. Também quero um panetone para a ceia de Natal, pois tenho vontade de comer”. Já o pequeno Gabriel Alves, do 2° ano, pediu um boneco do Cebolinha. Ele revela que no ano passado recebeu um presente do Papai Noel e, neste ano, escreveu a cartinha novamente, pois acredita que vai ganhar.

Adoção

Os padrinhos podem, deste ontem, terça-feira, 10, adotar as cartinhas disponíveis nas agências centrais dos Correios; nas cidades de Araguaína, Guaraí, Gurupi, Paraíso, Porto Nacional e Wanderlândia. Em Palmas, as cartinhas podem ser adotadas na Casa do Papai Noel, localizada no edifício-sede dos Correios. O padrinho tem até o dia 11 de dezembro para entregar o presente nos Correios.

Escolas

Desde 2010, os Correios estabeleceram parcerias com escolas públicas, creches e abrigos que atendem crianças em situação de vulnerabilidade social. A finalidade é vincular a Campanha ao Objetivo de Desenvolvimento do Milênio da Organização das Nações Unidas (ONU), que trata da educação. Até o momento, os Correios já cadastraram mais de 3 mil cartinhas de 20 instituições de ensino do Tocantins.

Envio da cartinha

A campanha tem como principal objetivo responder às cartas das crianças que escrevem ao Papai Noel e, sempre que possível, atender aos pedidos de presentes daquelas que se encontram em situação de vulnerabilidade social. Dessa forma, as crianças têm até o dia 20 de novembro para enviar a cartinha para o Papai Noel dos Correios. A carta deve conter: nome, idade, endereço completo e pedido de presente.