Estado

Foto: Divulgação

A Comarca de Alvorada, na região Sul do Tocantins, realizou nesta última quinta-feira, 12, a primeira edição do Mutirão de Audiências Conciliatórias relacionadas ao seguro DPVAT, que cobre os danos pessoais causados por veículos automotores de via terrestre. Ao todo, 77% dos casos terminaram em acordo entre as partes.

Durante o mutirão realizado na Serventia Cível da Comarca, foram colocados em pauta 45 processos referentes ao seguro DPVAT. Deste total, 35 resultaram em conciliação. Para o juiz titular da Comarca, Fabiano Gonçalves Marques, o índice de 77% em acordos deve ser considerado um resultado positivo. “Foi muito bom. Do total de 45, três faltaram e apenas sete não terminaram em acordo”, afirmou, ressaltando a agilidade em finalizar os processos. “O mutirão foi interessante porque a perícia médica já era feita na hora, o que facilitava o acordo. Fiz a nomeação de um perito oficial e então as pessoas já iam para a sala de conciliação com a perícia em mãos”, salientou Marques.

A Comarca de Alvorada é responsável, além do município sede, pelos processos da cidade de Talismã. De acordo com o juiz responsável, outros mutirões serão realizados na região, de acordo com a demanda.