Palmas

O cumprimento de promessas feitas a mais de uma década,  sendo a principal delas, a pavimentação asfaltica e a construção de obras básicas como praças, posto de saúde e limpeza foram algumas das reivindicações dos moradores da quadra 508 Norte, debatidas na noite dessa quinta-feira, 12, durante reunião de moradores com o presidente estadual do PV, Marcelo Lelis. 

De acordo com os moradores, existe uma dívida historica do poder publico com a comunidade da 508 Norte, que sofrem ha anos com a falta de infraestrutura da quadra. Uma moradora lembrou que "os remanescentes  da Antiga Ilha Canela, desapropriados durante a construção da Usina Hidrelétrica de Lajeado, é uma comunidade histórica, que merece ser preservada, respeitada. Tem que ser feita alguma coisa e já passou da hora de fazer, no mínimo, o asfalto da quadra, pois o dinheiro já veio muitas vezes e voltou por falta de vontade política. Faltam cuidados com a quadra, eles (a prefeitura), cobram dos moradores para tirar o lixo das casas, tirar pneus e outros resíduos que possam acumular água, mas deixam as poças de água nas ruas, mato e poeira, o poder público também precisa fazer sua parte". Pontuou uma educadora, presente na reunião e que mora na quadra há 10 anos.
 
Gestão confiável

Outro morador falou de confiança entre poder público e a comunidade, além de cobrar a pavimentação da quadra. "Queremos um gestor que construa uma relação de confiança com a comunidade, que tenha generosidade, precisamos de um novo modelo de gestão. O dinheiro foi dado para asfaltar essa quadra e ele foi gasto. Temos que nos fortalecer e continuar cobrando", disse.

"Tivemos várias promessas, já comemoramos três vezes a pavimentação da nossa quadra, quando assinaram a ordem de serviço, mas ate agora nada de asfalto, de praça, estamos do mesmo jeito. Quero parabenizar o PV pela iniciativa de vir aqui ouvir os moradores, saber o que estamos passando, ouvir as pessoas é fundamental para a construção de um projeto de gestão", ressaltou dona Berenice Guimarães, pioneira da quadra e organizadora da reunião.

A ideia de ouvir as pessoas é muito plausível, você está fazendo a coisa certa,  Marcelo, pois isso te dará conhecimento das necessidades de cada região e no futuro, você poderá priorizar o que houver de mais importante, ja que não é possivel fazer tudo de uma so vez, isso tornará mais fácil do que entregar para alguém que não conhece a realidade do povo, pois o que que falta aqui são coisas basicas" disse outro morador.

Prioridades

Em resposta aos moradores, Lelis disse que "sei muito bem o que vocês passam aqui, pois também já morei em várias quadras de Palmas que não tinham asfalto, mas o fato de vocês participarem, falar o que está acontecendo já é um grande passo, pois tudo está esta sendo registrado e a nossa ideia é construir um plano de gestão para Palmas, que priorize o mais importante e pelo que tenho visto nas nossas reuniões, o que o povo quer são coisas básicas, muito simples de fazer", ressaltou Lelis.

Essa foi a sexta Roda de Conversa realizada em Palmas pelo Partido Verde,  que começou ouvindo Taquaruçu e já se reuniu com moradores na região Sul,  Central e Arnos, da Capital.

Por: Redação

Tags: 508 Norte, Marcelo Lelis