Polí­tica

Foto: Divulgação

O Partido dos Trabalhadores em Palmas vai lançar durante evento no dia 26 de novembro a pré-candidatura do deputado estadual José Roberto Forzani para disputa ao Paço municipal da capital. A informação foi confirmada ao Conexão Tocantins pelo próprio parlamentar durante entrevista nesta quarta-feira, 18.

O deputado conta que está na articulação há mais de seis meses e que o assunto foi bem discutido em todas as tendências do partido. “Há mais de seis meses estamos nessa conversa, é consenso entre as tendências de que devemos lançar um nome", disse. O debate aconteceu também com movimentos sociais ligados ao partido.

No dia 26 o partido vai reunir os principais expoentes da legenda e dos municípios em evento na Assembleia Legislativa. O deputado conta que está fazendo um estudo dos principais problemas de Palmas. “Estou disposto a disputar, vou fazer reuniões setoriais pelos bairros para discutir os principais problemas de Palmas”, disse.

Questionado se o partido deve romper com a gestão do atual prefeito Carlos Amastha (PSB), que é pré-candidato à reeleição também, o deputado disse que o diretório vai discutir e tomar a decisão com relação a esse assunto.

Além do PT outros partidos já lançaram pré-candidatos como o PR, com o ex-prefeito Raul Filho, o SD com o deputado estadual Wanderlei Barbosa, o PV com Marcelo Lelis, dentre outros.

Rompimento

Em outubro deste mês o PT  informou por meio do seu presidente, George Brito, que aprovou a resolução de avaliação com convocação do diretório municipal para decidir a permanência do partido na gestão. O partido não estaria satisfeito com o tratamento recebido da gestão que, inclusive, chegou a pedir a prisão do presidente da regional Palmas do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado do Tocantins (Sintet), Joelson Pereira, durante a greve dos professores da rede municipal. O partido tem apenas um vereador na Câmara: Waldson da Agesp.