Estado

Foto: Marcio Vieira

A vice-governadora do Tocantins, Claudia Lelis, promoveu nesta sexta-feira, 20, no Palácio Araguaia, um café da manhã com a imprensa e autoridades para apresentar a campanha Quem Ama Abraça, que visa desenvolver ações de combate à violência contra a mulher no Estado durante 16 dias.

De acordo com Claudia Lelis, os altos índices de violência contra a mulher preocupam o Governo, que vem desenvolvendo ações desde o início do ano para promover a igualdade de gênero. A vice-governadora ressaltou que o acesso à informação e a consolidação da Lei Maria da Penha têm feito com que as mulheres percam o medo e procurem a Justiça para resguardar seus direitos.

“Desde o início do Governo, as ações de combate à violência contra a mulher têm sido preocupação constante nossa, em especial do governador Marcelo Miranda e da primeira-dama do Estado, Dulce Miranda. Queremos criar, com esta campanha, uma grande força-tarefa para promover a paz e a igualdade dos direitos das mulheres em relação aos homens. E isso só está sendo possível graças ao apoio que temos recebido dos nossos parceiros institucionais e da sociedade”, destacou Claudia Lelis.

Presente no evento, a titular da Secretaria de Estado da Defesa e Proteção Social (Sedeps), Gleidy Braga, falou da importância do papel da imprensa nesse processo. “Os profissionais da imprensa têm um papel fundamental para construção de valores e costumes. Precisamos criar uma cultura de paz e de combate à violência contra a mulher”, disse.

O lançamento oficial da campanha Quem Ama Abraça ocorrerá na próxima quarta-feira, 25, data em que se comemora o Dia Internacional de Combate à Violência Contra a Mulher. Durante esse período, serão realizadas diversas atividades em escolas, feiras livres, etc.

Dados

Um estudo divulgado pelo Ministério da Justiça, referente ao ano de 2014, mostra que a violência contra a mulher tem aumentado no Tocantins. Tanto a Capital como o Estado aparecem com dados que mostram alto índice de violência na região Norte do Brasil. De acordo com o estudo, foram 133 casos de violência contra a mulher para cada grupo de 100 mil habitantes em 2014, em Palmas. Já o Estado teve 57,31 ocorrências para cada grupo de 100 mil habitantes.

Parceiros

A campanha está sendo realizada pelo Governo do Estado, por meio das secretarias de Estado da Educação, Saúde, Cultura, Defesa e Proteção Social, Trabalho e Assistência Social, Segurança Pública, Juventude e Esporte, e Polícia Militar.

Além destas pastas, também apoiam a mobilização a Defensoria Pública do Estado (DPE), Tribunal de Justiça (TJ), Ministério Público Estadual (MPE), Assembleia Legislativa (AL) e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seccional Tocantins. As deputadas Amália Santana e Walderez Castelo Branco também participaram do lançamento da campanha, acompanhadas do senador Donizete Nogueira.