Cultura

Foto: Elias Oliveira A Orquestra Sinfônica Estudantil do Tocantins é formada por cerca de 50 estudantes secundaristas e universitários de Palmas A Orquestra Sinfônica Estudantil do Tocantins é formada por cerca de 50 estudantes secundaristas e universitários de Palmas

Pelo terceiro ano consecutivo, a Orquestra Sinfônica Estudantil do Tocantins se apresenta no Concerto Sesc Partituras. O evento, em homenagem ao Dia do Músico, acontece no dia 21 de novembro, em Palmas, às 20h, com entrada gratuita. A orquestra é um projeto de extensão e cultura desenvolvido pela Secretaria de Estado da Educação.

Para o maestro da orquestra, Bruno Barreto, o evento é uma oportunidade para divulgar o trabalho do grupo, que é formado por estudantes secundaristas e universitários da capital. “É sempre uma grande satisfação realizar esse concerto, que nos permite evidenciar os jovens instrumentistas da Orquestra Sinfônica Estudantil do Tocantins. Em ocasiões como essas, em que eles vão mostrar o que aprenderam, em um ambiente preparado para isso, há sempre uma grande empolgação por parte deles”, relata.

Na edição deste ano, além dos músicos da orquestra, o Concerto Sesc Partituras contará com a participação de dois músicos convidados da Orquestra Filarmônica de Goiás e da Orquestra do Instituto Bacareli.

No repertório da apresentação deste sábado estão clássicos de compositores da música brasileira. Todas as obras estão disponíveis na Plataforma do Sesc Partituras, um acervo digital com acesso gratuito para consulta e download a mais de 2 mil partituras de diversos períodos.

Cerca de 50 estudantes integram a Orquestra Sinfônica Estudantil do Tocantins. Os ensaios acontecem três vezes por semana na Universidade Federal do Tocantins. O objetivo do projeto é estimular e fomentar a prática musical instrumental e a formação de novos instrumentistas no Tocantins.

Curso de formação

Os músicos da Orquestra Filarmônica de Goiás e da Orquestra do Instituto Bacareli ministrarão oficina para os estudantes da Orquestra Sinfônica Estudantil do Tocantins durante o dia 20 e no dia 21 pela manhã. “Será uma integração dos músicos das orquestras, tendo em vista que nossos alunos irão conhecer questões técnicas de cada instrumento e adquirir experiência na orquestra tradicional, que é o nosso objetivo”, explica Bruno Barreto.