Polí­cia

Foto: Dennis Tavares Pistola modelo PT100 utilizada no crime em Porto Nacional Pistola modelo PT100 utilizada no crime em Porto Nacional

Um dos suspeitos de assaltar um cartório em Porto Nacional e assassinar Dimas Araújo Rocha, chefe do estabelecimento, foi preso pela equipe de policiais civis da Delegacia Especializada em Investigações Criminais (Deic), na manhã da última sexta-feira, 20, em Palmas. Trata-se de Hélio A. B., 30 anos, que, no momento em que foi abordado pela polícia, estava com a pistola modelo PT100, utilizada no crime que ocorreu em outubro.

Segundo a delegada que comandou a operação, Liliane Albuquerque Amorim, o veículo que deu fuga aos criminosos foi peça fundamental nas investigações, já que ele era conhecido pela Deic. “Já sabíamos que a quadrilha utilizava aquele carro em outros crimes, por isso, procuramos o pessoal que já tinha sido preso com o veículo e conseguimos identificar o envolvido”, afirma.

O veículo utilizado no crime foi apreendido pela polícia no sábado, 21, em Araguaína, já que, no intuito de despistar a polícia, Hélio trocou de carro para vir a Palmas, na madrugada de sexta-feira. Segundo a delegada Liliane, ele já havia sido preso em Araguaína, onde cumpria pena, em regime aberto domiciliar, pelo crime de roubo.

Hélio encontra-se recolhido na Casa de Prisão Provisória de Palmas. As investigações continuam no intuito de identificar os outros três envolvidos no crime e tomar as providencias para concluir o procedimento e encaminhá-lo poder judiciário.